Feedback assertivo potencializa talentos dentro da empresa

Gestores são treinados para identificar perfis com capacidade para cargos estratégicos

Saber como conversar com os colaboradores nas mais diferentes situações pode mudar o rumo do desempenho do seu negócio e dos relacionamentos dentro de uma organização. Na busca pela melhoria e desenvolvimento coletivo ou individual, cada vez mais as empresas acabam capacitando os gestores para que um feedback assertivo esteja inserido dentro do ambiente de trabalho.  A Brandili Têxtil, hoje com mais de 1,2 mil colaboradores divididos em duas unidades operacionais e um centro administrativo, tem essa cultura consolidada há anos.  “Constantemente tratamos desse tema com nossas lideranças.

Trabalhamos muito as formas de feedback e como desenvolver cada uma delas. Seja ele formal, que é feito a partir de uma avaliação de desempenho, na qual demonstramos através de resultados e mensuração; e o informal, que é o dia a dia, com falas e expressões que fazemos e temos a todo momento com nossas equipes”, explica a coordenadora de Desenvolvimento Humano e Organizacional da Brandili, Jesiele Cristina Chaves Cabral Stanchak.

Mas além de ter essa cultura inserida, é preciso renová-la para que esses feedbacks gerem cada vez mais resultados práticos no desenvolvimento das equipes, sendo usados como ferramenta estratégica para recuperar performance e potencializar talentos. Neste mês, os gestores da Brandili passaram por um curso sobre o tema. Um treinamento prático, experimental, vivencial e de construção de conhecimentos. A nova metodologia ensina os gestores a também analisarem o potencial dos colaboradores, ou seja, mapear dentro da equipe pessoas que tenham perfil para assumir cargos mais estratégicos. “A partir do próximo, já colocaremos essa metodologia em prática. O objetivo é não apenas ensinar, mas construir e aperfeiçoar o perfil do líder da empresa, que saberá identificar novos talentos, trabalhando pelo crescimento da empresa como um todo”, finaliza.

Eliani Folquening é Supervisora de Subcontratação e foi uma das participantes do treinamento. Para ela, momentos como esse trazem uma rica troca de experiências, além de um aprendizado através de dinâmicas para colocar em prática várias dicas e técnicas. “Esse curso veio para nos trazer mais aperfeiçoamento na hora de desenvolver e aplicar o feedback com responsabilidade e engajamento, através dele é que conseguiremos fornecer informações para o colaborador melhorar e com isso atingir melhor os objetivos de crescimento dentro da organização”, completa.

Fonte e imagem: Oficina das Palavras