Ferramenta permite que os funcionários avaliem colegas de diferentes níveis hierárquicos

Plataforma atua como um facilitador na análise do perfil dos colaboradores

Um dos grandes gargalos para os gestores da área de Recursos Humanos é conseguir mapear as competências técnicas e comportamentais dos profissionais que atuam na empresa. De olho nesta demanda, a ferramenta Gaio (www.gaio.io) – plataforma gratuita de Big Data – atua como um facilitador na análise do perfil dos colaboradores.

Entre as diversas soluções oferecidas pela ferramenta está a possibilidade de os profissionais da empresa que utilizam a plataforma avaliarem uns aos outros. A avaliação pode ser feita por todos os colegas de trabalho, em diferentes áreas e níveis hierárquicos, e não somente pelo gestor do departamento em que atua, como acontece tradicionalmente. As notas obtidas indicam a visão da empresa sobre determinado profissional, e podem ter pesos diferentes de acordo com o cargo do colaborador.

Segundo o idealizador da plataforma, Eder Balbino, esta possibilidade que ferramenta oferece serve de apoio aos gestores das organizações para a instauração da cultura de avaliação e da gestão de competências. “É possível aplicar de forma mais eficiente as capacitações oferecidas pela empresa e que podem auxiliar no desenvolvimento técnico e comportamental dos colaboradores. O feedback obtido com os scores terá aderência aos gaps apontados nas avaliações”, afirma Balbino.

Estas avaliações também colaboram para a gestão do clima organizacional, pois permitem analisar a variação destes scores após a contratação de um novo funcionário para determinado setor, ou a reação da equipe após o desligamento de um gestor de TI, por exemplo. “Estas pontuações indicam o impacto que determinada ação pode gerar para a organização, e também a evolução ou queda de desempenho e habilidade de relacionamento dos colaboradores”, destaca.

A plataforma também permite a empresa criar outras métricas para a avaliação dos profissionais, elaborar dashboards que podem ser acompanhados ao longo do tempo de forma a gerar discussões e compartilhamento de mensagens entre as pessoas com relação à performance dos profissionais. Dessa forma, é possível gerar uma inteligência para entender como estão funcionando as dinâmicas dentro da corporação.