Quais as 19 palavras que não combinam no currículo?

Atire a primeira pedra quem nunca citou “sólida experiência” e “especialista” no currículo

Escrever um currículo não é tarefa fácil, pois além de ser seu primeiro contato com selecionador, você deve impressiona-lo com palavras atraentes e breves.

Assim, diariamente em meio a tantos currículos que recebo e até mesmo no LinkedIn, noto uma grande dificuldade dos profissionais ao escolher essas palavras. Sei que em meio de milhões de profissionais em busca de novas oportunidades, repensar em seus perfis e em seu marketing pessoal é essencial neste momento.

Dessa forma, quase tão importante como saber que palavras devem constar obrigatoriamente do seu CV, é saber que termos ou expressões deverá abster-se de utilizar.  Nesse contexto, para ajuda-lo preparei algumas dicas de termos que NÂO deve ser incluído no CV, denominados “chavões corporativos” e que lhe afastam do mercado.

Assim, para lhe ajudar a conectar-se com mercado e chamar atenção do selecionador para seu perfil nas redes sociais e para seu CV, confira quais palavras devem ser evitadas!

  • Responsável
  • Liderança
  • Sólida experiência
  • Criativo
  • Planejamento estratégico
  • Apaixonado
  • Motivado
  • Organizado
  • Engajado
  • Especialista
  • Orientado para resultados
  • Experiente
  • Competitivo
  • Eficaz
  • Administrar
  • Criar
  • Resolver
  • Vencer
  • Voluntariar

Ainda, evite abreviaturas, frases longas, procure colocar em média 15 até 18 palavras evitando que o selecionador desvie a atenção de seu perfil, cuidado com erros ortográficos e gramaticais, verbos passivos, evite falar de objetivos sem falar de suas conquistas e repetições.

Contudo, a base de todo sistema de buscas seja nas redes sociais ou em sites de cadastro são as palavras-chave. Por isso, para pontuar bem nas buscas dos recrutadores na rede social é preciso muito critério e olhar estratégico ao escolher aquelas que irão compor seu perfil. Quanto mais preciso o termo, melhor.

Portanto, se você não quer que seu currículo continue sendo excluído, evite essas palavras e adote palavras que comprovem fatos e dê uma percepção ao selecionador por meio de exemplos; explique quais foram as suas conquistas usando números, quando possível, e sem adotar termos vagos; prefira termos que tenham relação com sua área de atuação e especialidade. Não tenha medo de repeti-las ao longo dos campos da página no LinkedIn e tente inseri-las no início de frases,

Para tanto, agora que sabe quais as palavras que não deve ter no seu CV, aproveite o início da semana para o rever e melhorar seu CV.

Por Luciana Ferreira, ElementoRH