Você sabe como o inglês pode ajudar em uma startup?

Para ser uma empresa com múltiplos contatos e expandir os negócios, é necessário ter comunicação

Atualmente, há pessoas apostando nas suas ideias, buscando realização profissional por meio da criação de empresas que buscam consolidação no mercado: as startups, um dos segmentos de mercado que mais crescem no Brasil. Porém, é necessário planejamento, serviço diferenciado e o domínio de outro idioma.

Startup é o período inicial de uma pequena empresa, ou de um empreendimento que possui baixos custos de manutenção e alta capacidade de crescimento e lucratividade. Segundo o site Endeavor e IBGE, apesar das empresas de alto crescimento representarem  1,5% do total de negócios no país em 2011, elas foram responsáveis por quase 50% do total de empregos gerados entre 2008 e 2011.

Tendo em vista este cenário, dominar uma segunda língua deixou de ser um diferencial para ser algo básico. Para ser uma empresa com múltiplos contatos e expandir os negócios, é necessário ter comunicação. Se o bom uso da língua nativa é básico, com outras línguas não seria diferente. Para se conectar com profissionais pelo mundo, só os tradutores online não são suficientes. Sem contar a possibilidade de adesão a modelos de negócios apresentados em artigos de visibilidade mundial, normas e requisitos definidos por órgãos internacionais.

Conhecer outro idioma é essencial para buscar investimento estrangeiro: não apenas criar um produto, é necessário também vendê-lo. No meio empresarial há conceitos e expressões próprias, e não basta traduzir literalmente, é importante entender o contexto. Ignorar termos relevantes no segmento pode trazer uma imagem de desatualização para a marca, afastando-a dos influenciadores do mercado.

Novos idiomas abrem novas oportunidades, e o mundo dos negócios é feito de oportunidades. Para crescer como profissional e como startup, é necessário investir na carreira, e um curso de idiomas é uma ótima opção.

Por Luiza Meneghim, diretora-geral da My Target Idiomas

Imagem:Pixabay