Gestão

5 competências que o esporte traz para a vida corporativa

Atividades oferecem muito mais do que bem-estar para os profissionais que se aventuram fora do escritório

Que a prática esportiva é importante para uma vida saudável não há qualquer dúvida. No entanto, aventurar-se em atividades em grupo ou individuais trazem ganhos que vão além do impacto positivo no corpo e na mente. O esporte pode fazer a diferença também na hora de tomar uma decisão determinante no trabalho, gerir uma crise e comandar uma equipe, por exemplo.

Publicitária por formação e gerente de comunicação de uma grande companhia, Roberta Borsari, pioneira e medalhista em modalidades como rafting e canoa havaiana, além de estar presente no top 10 do circuito mundial de kayaksurf por mais de 10 anos, sabe bem como utilizar as competências exercitadas em sua vivência esportiva, que inclui travessias de SUP inéditas em destinos como a ilha vulcânica de Moorea, a Ilha de Páscoa, as Maldivas e o arquipélago de Galápagos, dentro do escritório.

 

“Uma empresa pode até oferecer os conceitos de liderança e trabalho em equipe por meio de cursos e workshops, mas nada se compara a vivência do esporte e seus desafios na prática do dia a dia, seja nos treinos, competições ou expedições”, afirma Roberta, que comanda atualmente um time de 16 pessoas. Confira abaixo lista com as principais competências desenvolvidas por atletas e que potencializam a performance profissional.

 

  1. Espírito de equipe: em todas as práticas há um sentimento muito forte de equipe, uma vez que é fundamental que um auxilie o outro para que o objetivo comum seja alcançado. Mesmo nas atividades individuais, há sempre outras pessoas envolvidas, como técnicos e preparadores físicos. Se todos não aparam as arestas existentes para que o trabalho tenha como único foco a vitória, certamente será mais difícil alcançá-la, o que vale para o time do escritório também. “Mesmo em uma competição, como já aconteceu comigo em uma disputa de canoa havaiana, se cruzamos com uma equipe em dificuldade, paramos e ajudamos. Esse espírito é muito importante em uma empresa, pois as áreas fazem parte de um todo”, sinaliza Roberta Borsari.

 

  1. Liderança: Um dos requisitos mais solicitados atualmente no mundo corporativo, exercer a liderança não é das tarefas mais fáceis. É preciso ter sabedoria para ouvir a todos, servir de inspiração, ser um exemplo e conhecer as potencialidades individuais para tirar o melhor de cada um. É assim também no esporte, principalmente nos de equipe. Encarnar alguém que vai além de apenas dar ordens, motiva a todos. E motivação é uma das questões centrais no mundo esportivo.

 

  1. Planejamento: As travessias fizeram com que Roberta se acostumasse a fazer planejamento milimétricos, já que a natureza é conhecida por mudanças bruscas de condições, principalmente em mar aberto, fora da costa. “O planejamento é a base de todo desafio, se ele for falho a probabilidade de algo dar errado é muito alta, por outro lado, se bem executado pode salvar vidas ou evitar uma crise, no caso do ambiente corporativo”, afirma a publicitária. O ambiente é bem parecido em uma empresa. Situações inesperadas podem surgir a qualquer momento durante a execução de um projeto e estar pronto para seguir adiante, com possíveis soluções em mente, antecipando próximas ações, pode ser determinante para alcançar um objetivo.

 

  1. Lidar bem com a derrota: Ganhar todo mundo quer, mas seja na vida profissional ou esportiva, não tem jeito: perder faz parte do jogo. O que vale é saber lidar bem com derrota, exercício quase diário para os esportistas. “A determinação te faz parar, entender onde os erros ocorreram, ajustar o que for preciso e ir em frente. Ela não te paralisa e isso é fundamental no trabalho. É importantíssimo não desistir com facilidade e após um resultado insatisfatório”, aponta Roberta.

 

  1. Ser flexível e não viver só para o trabalho: Pode parecer incoerente, mas não se dedicar apenas ao trabalho é visto cada vez mais como uma competência pelo mundo corporativo. Por qual razão? Quem tem outros interesses costuma ser mais flexível, traz mais ideias inovadoras e é visto como uma pessoa diversificada, que atende ao famoso “pensar fora da caixa”.

Mais informações sobre Roberta Borsari e sua trajetória podem ser obtidas nos sites www.robertaborsari.comwww.suptravessias.com.br.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios