Dica de leitura

5 livros para saber mais sobre inteligência emocional

Obras ensinam a lidar com as frustrações e enfrentar desafios do cotidiano

 5 livros para saber mais sobre inteligência emocional

Atualmente bastante discutida, a inteligência emocional começou a aparecer em pesquisas em meados dos anos 60 e ganhou destaque em um artigo do psicólogo americano Hanskare Leuner. Influenciada por uma combinação de traços de personalidade, há diversos níveis de inteligência emocional que interferem diretamente no modo com que você lida com os desafios do dia a dia, principalmente na carreira.

Esta habilidade tem sido tão valorizada que algumas empresas estão colocando o Quociente Emocional (QE) como um radar para contratações nos processos seletivos, ficando inclusive acima do nível de QI (Quociente de Inteligência). Quer saber qual é o seu nível de inteligência emocional? A Fundação Estudar desenvolveu um teste para descobrir.

Agora se você quer saber mais sobre o assunto, a gerente de produtos e educação da Fundação Estudar, Anamaíra Spaggiari, aponta cinco livros que irão ajudar a lidar melhor com a inteligência emocional:

5 livros para saber mais sobre inteligência emocional

1 – Inteligência Emocional – Daniel Goleman

Publicada pela primeira vez em 1995, nos Estados Unidos, esta obra transformou a maneira de pensar a inteligência, principalmente no mundo dos negócios. É apresentado o conceito de ‘duas mentes’ – a racional e a emocional – e uma explicação de como, juntas, elas moldam nosso destino. Segundo Goleman, a consciência das emoções é fator essencial para o desenvolvimento da inteligência do indivíduo. Partindo de exemplos cotidianos, é possível aprender sobre como a incapacidade de lidar com as próprias emoções pode minar a experiência escolar, acabar com carreiras promissoras e interferir em nossas vidas. Há também a descrição das cinco habilidades-chave da inteligência emocional que mostra como elas determinam o êxito nos relacionamentos, trabalho e até no bem-estar físico.

 

2 – Antifrágil – Nassim Nicholas

Este livro fala como o estado de incerteza é algo desejável na vida dos seres humanos para que cada vez mais seja possível construir coisas mais concretas, que não dependam de estabilidade, elevando o conceito do antifrágil. Há análises sobre inovações e melhorias feitas a partir de tentativa e erro, decisões que podem mudar uma vida inteira, política, planejamento urbano, guerra, finanças pessoais, sistemas econômicos e medicina.

5 livros para saber mais sobre inteligência emocional

3 – Florescer: Uma nova e visionária interpretação da felicidade e do bem-estar – Martin Seligman

 Em geral, o objetivo da psicologia tem sido aliviar o sofrimento humano. Nesta obra, ela é abordada por outra ótica, com o movimento de Psicologia Positiva, que visa elevar o padrão da condição humana. O conceito não é não se abalar diante dos obstáculos da vida, mas sim como se fortalecer com cada um deles.   Com exercícios interativos para ajudar os leitores explorarem suas próprias atitudes e objetivos, Florescer é um divisor de águas na compreensão da felicidade, assim como uma ferramenta para tirar o melhor da vida e a habilidade de lidar com os sentimentos.

4 – Felicidade Autêntica – Martin Seligman

 Neste livro, também de Martin Seligman, está presente um dos mais notáveis e reveladores estudos científicos feitos até hoje, baseado na ideia revolucionária da Psicologia Positiva. Numa narrativa simples e direta, o especialista apresenta passo a passo suas descobertas sobre felicidade e longevidade e de que maneira podemos dar nossa parcela de contribuição para um mundo melhor e alcançar níveis sustentáveis de alegria, gratificação e significado autênticos em nossas vidas.

5 livros para saber mais sobre inteligência emocional

5 – Comunicação Não Violenta – Marshall Rosemberg

 Este é um manual prático e didático que apresenta metodologia criada pelo próprio Marshall Rosemberg, voltada para aprimorar os relacionamentos interpessoais e diminuir a violência no mundo. São atividades e descobertas totalmente aplicáveis em centenas de situações que exigem clareza na comunicação. A CNV enxerga uma continuidade entre as esferas pessoal, interpessoal e social e aponta técnicas que ajudam a ter mais empatia em todos os momentos, principalmente os de conflito.

 

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar