Boas práticas

8 iniciativas para engajar os colaboradores em quarentena

Nem sempre você vai conseguir levar a mesma experiência para quem está no escritório e para quem está fisicamente distante

Quando a quarentena começou, várias empresas decidiram liberar o time para trabalhar de casa – para muitas dessas companhias, foi a primeira vez experienciando o modelo de trabalho remoto. No Olist trabalhamos com times distribuídos: gente que atua presencialmente em nossos escritórios, em Curitiba ou São Paulo, e remotamente, de qualquer lugar do mundo.

Isso acontece desde 2016, então a maior parte das cerimônias já era adaptada para incluir todas as pessoas da empresa. No entanto, planejar ações de engajamento é sempre um desafio: “Devemos fazer a mesma coisa que fizemos no modelo presencial para quem está remoto?”, “Fazemos isso só para a galera que está no escritório?”, “Como adaptamos essa ação para o modelo remoto?”. São várias as perguntas que surgem sempre que planejamos uma ação.

Verdade seja dita: nem sempre você vai conseguir levar a mesma experiência para quem está no escritório e para quem está fisicamente distante, mas você pode sempre adaptar a ação para conseguir atender aos dois públicos, mesmo que de formas diferentes.

No aniversário de 3 anos do Olist, por exemplo, pedimos pizza para o pessoal do escritório e enviamos comida por delivery para a casa de todo o nosso time que trabalhava remoto na época. Para comemorar nossa classificação no ranking do Great Place To Work 2019, os olisters – como são chamados os colaboradores – do escritório em Curitiba montaram um mosaico em uma de nossas paredes e ganharam minidonuts fresquinhos! Para o pessoal remoto, enviamos via correio um card bem parecido com o que foi usado no mosaico e um doce com maior durabilidade.

Então, veio a quarentena e 100% do nosso time começou a trabalhar de casa. Com isso, nossas ações de engajamento e campanhas de endomarketing deveriam ser pensadas única e exclusivamente para o modelo remoto. Elas são planejadas e executadas pelos nossos times de cultura e comunicação e pelo Coolist, o comitê de clima e cultura do Olist.

Abaixo listei 8 ações que já fizemos durante a quarentena e que você pode replicar na sua empresa:

  1. Reconhecimento de pares online

Temos uma prática de reconhecimento de pares em que os olisters entregam cards aos colegas com uma mensagem personalizada para reconhecer alguma atitude relacionada a um dos nossos valores. Antes da quarentena, esses cards só existiam na versão impressa, mas agora também estão disponíveis no modelo digital. Uma vez ao mês também fazemos a “Dinâmica do Bisão”. Ela acontece durante uma das reuniões que fazemos com 100% da empresa. Antes da quarentena, um olister pegava um chocolate Bis Xtra (por isso do nome “Dinâmica do Bisão”) disponibilizado no escritório, fazia o reconhecimento em público e entregava o chocolate junto com o card do valor (os remotos participavam pela transmissão online e recebiam o chocolate via correio). A dinâmica continuou durante a quarentena com os cards digitais, só a entrega do chocolate que deixamos para depois.

  1. Rodas de conversa

Promover encontros online é um ótimo jeito de manter o time engajado. Em 60 dias de quarentena, já realizamos três talks acerca do assunto. O primeiro foi sobre saúde mental e ansiedade durante a quarentena, uma palestra ministrada por uma Especialista de Recursos Humanos em Gestão de Desempenho. O segundo talk foi extremamente motivacional com o Bernardinho, ex-técnico da seleção brasileira de vôlei. Ele comentou sobre a importância de ter foco e disciplina e indicou uma lista incrível de livros para os olisters. O encontro mais recente foi uma mesa-redonda formada pelos próprios olisters trazendo as vantagens e as dificuldades dessa fase que estamos vivendo, com dicas práticas de como lidar melhor com o trabalho home office. Os talks não precisam se limitar a temas relacionados à quarentena, já fizemos conversas sobre diversidade, por exemplo.

  1. Pílulas de conhecimento

Nosso time de RH reuniu uma série de conteúdos para compartilhar com o pessoal no Slack, nossa principal ferramenta de comunicação interna. São postadas duas “pílulas” por semana, sempre na segunda e na sexta de manhã. Elas trazem dicas de cursos online e gratuitos, atividades para fazer com os filhos, vídeos para relaxar etc.

  1. Nossos valores traduzidos em conteúdos

Uma vez por semana, publicamos no Slack um dos nossos seis valores com dicas de filmes, livros, vídeos etc. relacionados ao valor em questão. Exemplo: Somos um só time – Filme: A fuga das galinhas; Livro: 17 Princípios do trabalho em equipe – John C. Maxwell; Vídeo: How to turn a group of strangers into a team.

  1. Atividades off work

Incentivamos os times a realizarem constantemente atividades off work. Isso inclui um café da manhã ou um happy hour online para descontrair (não vale falar de trabalho), jogar stop online, combinar um dia para se vestir conforme um tema escolhido, fazer alongamento em grupo e até mesmo aula de dança, entre várias outras dinâmicas.

O Coolist, nosso comitê de clima e cultura, criou uma lista de atividades off work e compartilhou as ideias com o pessoal. Cada time tem sua própria agenda de atividades, mas a maioria costuma realizá-las a cada 15 dias.

No início da quarentena, nosso CEO chegou a lançar um desafio: todos os times da empresa deveriam fazer alguma atividade off work dentro de uma semana e postar uma foto do encontro online em nosso canal de comunicação interna.

  1. Vídeos engraçados

Com tantas mensagens recebidas no Slack, o Coolist começou a gravar vídeos curtos e engraçados para impactar os olisters de um jeito criativo. Já criamos vídeos sobre ergonomia no home office e a importância de manter uma rotina matinal antes de iniciar o trabalho em casa.

  1. Datas comemorativas

Ficar de olho no calendário é uma ótima dica para promover ações de engajamento. No Dia das Mães enviamos um presente com uma mensagem especial para a casa de cada uma das olisters que são mães e elas também ganharam um day off. No Dia de Star Wars fizemos um desafio para os times compartilhar fotos que representassem sua paixão pela série de filmes e compartilhamos o conteúdo em nossas redes sociais.

  1. Ações solidárias

Fizemos duas campanhas solidárias para ajudar quem mais precisa nessa quarentena. A primeira foi a venda de camisetas com a mensagem #SupportYourLocalBusiness, em que revertemos o lucro das vendas para uma instituição de Curitiba/PR. Também participamos junto com outras 9 startups da capital paranaense da campanha #AjudeDeCasa, que busca arrecadar dinheiro para reverter em compra de alimentos e itens de higiene para instituições da cidade.

Seja no escritório ou em casa, as ações de engajamento da sua empresa devem continuar – e você nem precisa de verba para fazer a maior parte delas. Descubra o que as pessoas do seu time gostam e pense nas soluções que mais se adequem ao seu público. Sempre que possível, relacione as ações com os valores da sua empresa, isso facilita na hora de planejar e também na compreensão da ação por parte dos colaboradores.

Espero que este texto tenha ajudado você a pensar em novas ideias!

Por Rhayana Souza, Analista de Endomarketing e Employer Branding do Olist

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar