Dica de leitura
Tendência

A mudança começa às 5 da manhã

Em seu novo livro, O clube das 5 da manhã, o leitor vai entender o porquê do sucesso do movimento viral que já conquistou milhares de anônimos e famosos no mundo inteiro

O que Jack Dorsey, confundador do Twitter, Jeff Bezos, da Amazon, e Tim Cook, da Apple, têm em comum, além de serem profissionais extremamente bem-sucedidos? Todos eles acordam, todos os dias, às cinco da manhã. Pode parecer cedo demais, principalmente para quem não precisa acordar neste horário, mas há mais de vinte anos, Robin Sharma, especialista em liderança e gerenciamento de alto desempenho, introduziu o conceito do Clube das 5 da manhã, baseado numa revolucionária rotina matinal que ajudou seus clientes a aumentarem sua produtividade, ser mais saudáveis e conquistar serenidade nos atuais tempos turbulentos.

A técnica de Sharma se tornou um movimento internacional, alimentado por vídeos e fotos de seus adeptos, postados com a hashtag #5AMClub. No Brasil a prática tem entre seus adeptos o influenciador Thiago Nigro, criador do canal “O primo rico” que já superou a marca de 80 milhões de visualizações em seu canal. Ele realiza transmissões ao vivo diariamente às cinco que já contou como convidado o apresentador Luciano Huck. Sharma é o autor de ‘O monge que vendeu sua Ferrari’.

Para se tornar “sócio” do clube das 5 da manhã, não basta madrugar e checar as últimas mensagens no celular ou olhar as redes sociais. Segundo Robin Sharma, é essa interrupção digital que “está lhe custando a sua fortuna”. Em vez disso, é preciso acordar totalmente e aplicar a fórmula 20/20/20: vinte minutos de movimento, vinte minutos de reflexão e mais 20 minutos de crescimento pessoal. Esta rotina é o suficiente para garantir um dia mais focado e bem longe das notificações do celular.

De acordo com o guru do desenvolvimento pessoal, “a tranquilidade é o novo luxo da sociedade”. Acordando cedo é possível ter momentos iniciais tranquilos, sem se preocupar com a correria do dia. É neste momento também que é possível pensar com clareza em vez de ter a mente apressada e estressada logo pela manhã.  E há diversos estudos que comprovam o ponto de vista de Sharma. Uma pesquisa da Universidade de Brighton, na Inglaterra, demonstrou que pessoas que acordam mais cedo (em média às 6h58) são mais saudáveis que aquelas que acordam mais tarde (em média às 8h54). Um estudo da Universidade de Binghamton nos Estados Unidos comprovou que existe relação direta entre o horário e a duração do sono e o pessimismo. Ou seja, quanto menos você dorme ou quanto mais tarde você dorme, maiores as chances de você ter altas taxas de pensamentos negativos.

Em “O clube das 5 da manhã”, Robin Sharma vai destrinchar seu método a partir de uma história encantadora e divertida sobre dois estranhos enfrentando problemas na vida pessoal e na carreira e após conhecerem um excêntrico magnata, vão embarcar numa jornada de autoconhecimento e mudança.

Robin Sharma é um dos maiores especialistas em liderança do mundo. Seu trabalho e suas técnicas são adotados por astros do rock, pela realeza, por bilionários e muitos CEOs famosos. Com mais de 15 milhões de livros vendidos, clientes como Starbucks, Nike, GE, Coca-Cola, NASA e Microsoft estão usando seus métodos de liderança e desenvolvimento corporativo e pessoal para impulsionar seu crescimento e ter o melhor desempenho possível.


Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo