A nova cara do RH

Tecnologias mudam a forma com que empresas e funcionários se relacionam

Uma verdadeira revolução está acontecendo no RH. A tecnologia está há alguns anos transformando a forma com que as empresas se relacionam com seus funcionários. Agora, o que vemos é um caminho sem volta rumo ao digital. Inteligência artificial, ferramentas de analytics, mobilidade, games, dentre outras soluções inovadoras e estratégicas já ajudam empresas a resolverem seus problemas de gestão de pessoas.

A tendência é mundial e a expectativa é que os investimentos em serviços para análise e utilização de dados nas organizações saltem dos US$ 49 milhões do ano passado para US$ 104 bilhões nos próximos oito anos, de acordo com pesquisa da consultoria global Frost & Sullivan.

O vice-presidente da LG lugar de gente, empresa em soluções de tecnologia para RH, Felipe Azevedo, explica que as ferramentas baseadas em Inteligência Artificial, Machine Learning e People Analytics reduzem as decisões subjetivas, que podem representar um risco para o negócio. Com foco em uma solução completa, a LG desenvolveu a Suíte Gen.te, um conjunto de produtos em nuvem que auxilia o RH em todo o ciclo do colaborador na empresa, do recrutamento à sucessão.

“Essas tecnologias também vão dar mais agilidade à gestão de pessoas, principalmente, no que tange à entrega de análises e insights que podem impactar os rumos do negócio através de melhores decisões sobre pessoas”, diz. “Além disso, vão fechar alguns postos de trabalho e criar muitos outros, que exigirão conhecimento e competências diferenciadas, tanto do RH quanto dos demais líderes e colaboradores”, completa Felipe.

A mobilidade, cada vez mais presente na rotina das pessoas, deverá se aproximar ainda mais do RH. Por meio dos aplicativos móveis, as empresas geram uma experiência mais agradável e dinâmica para os colaboradores. A tendência é que as companhias foquem, principalmente, no autoatendimento que permite, por exemplo, a marcação de ponto e a solicitação de férias pelo celular. Além disso, a Inteligência Artificial possibilita que pedidos específicos dos colaboradores sejam feitos via WhatsApp, utilizando recurso de chatbot, em que o funcionário fala diretamente com um robô que responde e dá andamento à demanda: tudo integrado com as outras soluções de tecnologia para RH.

Segundo Marcello Porto, diretor de RH da LG lugar de gente, o movimento das empresas de investirem em mobilidade, ganhará cada vez mais força no Brasil. “Eu acredito que o futuro do RH é ser cada dia mais mobile, a começar pela atração de talentos. Hoje, as empresas já têm à sua disposição aplicativos que contam com games, entrevistas por vídeo e recrutamento via redes sociais, facilitando a busca e o cadastro de vagas e, muitas vezes, possibilitando a participação em processos seletivos, que não precisam mais ser conduzidos presencialmente”, afirma Porto.

 

Dez atividades do dia a dia em que o RH digital já é realidade:

  1. Melhora da produtividade por meio da desburocratização;
  2. Marcação de ponto eletrônico pelo celular;
  3. Feedback dos gestores de forma contínua pelo celular;
  4. Envio de feedbacks de forma individual e coletiva;
  5. Processos seletivos mais estratégicos;
  6. Acesso a documentos, como recibo de pagamento ou comprovante de imposto de renda, via autoatendimento;
  7. Desburocratização de processos com o uso de chatbots;
  8. Avaliação de performance por meio de jogos inteligentes;
  9. Entrega de análises mais precisas que podem impactar em decisões das empresas sobre pessoas;
  10. Aumento do desempenho dos colaboradores, através de atividades que utilizam os games para melhorar o engajamento.