ADP é nomeada uma das 100 melhores empresas para mulheres que têm filhos

Prêmio “Best Working Mother” de 2018 foi recebido pela gerente geral da companhia nos Estados Unidos

ADP é nomeada uma das 100 melhores empresas para mulheres que têm filhos

Pela segunda vez, a ADP – uma das maiores fornecedoras de soluções de tecnologia para gestão de capital humano no mundo – foi eleita pela revista Working Mother uma das 100 melhores empresas para mulheres que têm filhos trabalharem. Além disso, a gerente geral da ADP nos Estados Unidos, Dianne Greene, recebeu o reconhecimento de “Best Working Mother” de 2018.

 

Este é o terceiro prêmio que a ADP recebe em 2018 pelo respeito e compromisso com a diversidade. Em maio, a empresa foi eleita uma das cinco organizações globais com as melhores políticas para a diversidade, segundo a lista da Diversityinc. em agosto, recebeu o reconhecimento “Best Companies for Multicultural Women Awards”.

“Os prêmios são resultado de um trabalho sério e consistente em prol da diversidade, com especial atenção às mulheres. Nossa prática vai muito além do discurso. É uma causa global e local na qual acreditamos firmemente”, afirma a vice-presidente de Recursos Humanos Latam da ADP, Mariane Guerra.

ADP é nomeada uma das 100 melhores empresas para mulheres que têm filhos

Para entrar na lista da Working Mother, é preciso demonstrar iniciativas efetivas para a mulher que tem filhos como, por exemplo, representatividade das mulheres  no total de colaboradores, porcentagem feminina em posições de liderança e flexibilidade de horário.

Na ADP Brasil, as questões são contempladas com quase 60% de mulheres contratadas, mais de 30% em cargos de liderança e iniciativas como equidade de salários para homens e mulheres nas mesmas posições, proibição de perguntas discriminatórias nos processos seletivos (tal como: você tem filhos?), política anti-assédio, área de lactação, apoio a gestantes e falta abonada para mães que acompanham filhos menores de 18 anos ao médico.