As redes em favor das empresas na busca por profissionais

LinkedIn e Facebook são grandes aliados na hora de recrutar novos talentos ou divulgar uma empresa

A importância que a internet tem tanto na vida das pessoas, quanto na realidade corporativa, não para de crescer – e a tendência é que só aumente. Mas, para a sua influência e manuseio gerar um bom resultado, cabe as empresas saberem como utilizá-la a seu favor.

Segundo pesquisa da Education First realizada com 1.023 profissionais da área de negócios em dez países, incluindo o Brasil, 33% responderam que ferramenta digital tem um papel fundamental na promoção da marca e dos produtos de suas organizações. Seja para recrutar/conhecer possíveis novos colaboradores, para divulgar um novo material, construir uma boa imagem online, “medir” a sua popularidade e capacidade de engajamento na internet, as empresas, sejam micro ou multinacionais, começam a reconhecer cada vez mais o poder da internet e das redes sociais, – principalmente aquelas que apresentam um conteúdo que pode ser utilizado na vida profissional, como o Facebook, e principalmente, o LinkedIn. E isso pode ser comprovado por números: segundo pesquisa recente, 66% de pequenas empresas concordam que manter perfis em redes sociais é importante para os negócios, – coisa que, até pouco tempo, era apenas observada pelas grandes empresas.

Madalena Feliciano, Gestora de Carreira da empresa Outliers Careers, comenta que essas duas redes citadas podem auxiliar na divulgação de oportunidades e na obtenção de informações sobre os profissionais ou empresa, já que podem ser uma boa fonte de informação sobre o histórico e experiências – principalmente quando trata-se do LinkedIn.

“Muitas empresas estão buscando profissionais pelo LinkedIn, já que por ali é possível recrutar e/ou selecionar profissionais com experiências em setores similares ou correspondentes ao que a empresa procura. Essa é a tendência do futuro”, diz Madalena.

O processo de recrutamento e seleção torna-se mais rápido e efetivo quando a empresa sabe utilizar a seu favor as redes – porém, como dito anteriormente, é preciso saber utilizá-las corretamente. “Todo cuidado é pouco, já que as empresas ficam muito expostas à reclamações e possíveis críticas feitas por um candidato, e isso pode causar certo constrangimento para a instituição”, ressalta a gestora.

Graças à internet, e principalmente as redes sociais, hoje é mais fácil para as empresas encontrarem profissionais com o perfil que tanto desejam para integrarem seus times. “Porém, para isso, é preciso que tanto a empresa quanto o profissional saibam utilizar bem as ferramentas oferecidas pela web”, comenta Madalena.

O Facebook também auxilia a empresa, mas de outra maneira. “Os usuários costumam demonstrar o apreço que possuem pelas marcas nessa rede, fazendo propaganda de um produto apenas porque gostam, – e nada é mais genuíno e proveitoso do que a propaganda gratuita dos próprios clientes” lembra.

O Facebook é item obrigatório para empresas que desejam passar a imagem de maior credibilidade, modernidade e interatividade. A rede permite a avaliação da instituição, um relacionamento mais estreito entre cliente e empresa, comentários e curtidas, etc. “Quando bem avaliada e atenta para as respostas dos seus ‘fãs’, a empresa torna-se bem quista online – e, com isso, conquista mais clientes e público em geral”, explica o especialista, que ressalta, “ou seja, se você deseja ser visto e lembrado, é preciso ter, pelo menos, uma página boa a bem atualizada no Facebook”.

Trabalhando em união com as ferramentas e facilidades oferecidas por essas duas redes sociais profissionais, assim como estando ciente das consequências que elas podem causar, sua empresa estará mais do que pronta para adentrar essa nova era digital. Você está esperando o que para usar – e abusar – da internet e suas infinitas possibilidades?