Boas práticas

BRF anuncia doações de R$ 50 milhões

Companhia também se compromete a manter postos de trabalho por dois meses e reforça programa de apoio e segurança para colaboradores e parceiros

A BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, anuncia a doação de R$ 50 milhões em alimentos, insumos médicos e apoio a fundos de pesquisa e desenvolvimento social, para contribuir com os esforços de combate aos efeitos da pandemia da COVID-19. A ação alcançará hospitais, Santas Casas, organizações de assistência social e profissionais de saúde nos estados e municípios em que a empresa possui operação.

No Brasil, a iniciativa contempla, em um primeiro momento, cerca de 60 hospitais em 50 cidades de 9 estados. Somente nas instituições hospitalares, incluindo hospitais de “campanha”, as doações deverão favorecer mais de 15 mil pessoas/dia, por meio de cerca de 2,5 milhões de refeições pelos próximos três meses. Como uma empresa global, a Companhia estenderá esta iniciativa para os países onde possui unidades produtivas, como Turquia e Emirados Árabes Unidos.

Além disso, a empresa prevê a doação de insumos médicos, como testes e termômetros, de equipamentos de proteção individual, como capas plásticas, toucas e batas descartáveis, álcool em gel, respiradores e outros que se façam necessários. Os materiais serão destinados, prioritariamente, a instituições de saúde dos estados e municípios onde a BRF possui unidades produtivas, centros de distribuição e escritórios corporativos.

Adicionalmente, a BRF se compromete, durante este período de incertezas, a manter todos os postos de trabalho nos meses de Abril e Maio, efetuando apenas as movimentações normais no curso regular de suas operações. Cabe ressaltar que a BRF está contratando mais de 2.000 pessoas, entre colaboradores próprios e terceiros, para manter a produção e o abastecimento e substituir os funcionários considerados do grupo de risco que foram preventivamente orientados a permanecer em casa.

Com o objetivo de trazer apoio e comodidade aos colaboradores que continuam atuando no campo, nas fábricas, nos Centros de Distribuição, nas ruas e nos clientes, a BRF também disponibilizará, a partir desta semana, um crédito semanal em produtos BRF ou no vale-refeição, proporcionando e facilitando o acesso destes profissionais e suas famílias à alimentação.

De acordo com o CEO da BRF, Lorival Luz, este é o momento de todas as empresas praticarem a solidariedade. “Estamos vivendo uma situação sem precedentes e de alto impacto para todos nós. É hora de estarmos unidos e sermos solidários uns com os outros. Vamos fazer tudo o que for possível para proteger nossas pessoas, suas famílias e para ajudar a população a superar o mais rapidamente possível as consequências da COVID-19. As doações que faremos e o compromisso de manter nosso quadro de colaboradores nos meses de Abril e Maio são uma forma de apoiar e proporcionar algum conforto nesse momento de incertezas”, reforça o executivo.

A BRF segue atuando em toda a sua cadeia, tomando providências diariamente para garantir segurança, saúde e a sustentabilidade de todos aqueles envolvidos em seu contexto operacional, como a criação de um novo canal de esclarecimento de dúvidas, disponibilização de EPIs, medidores de temperatura e de testes para a COVID-19, entre outros.

Para os fornecedores, a empresa tem compartilhado seus planos de contingência de saúde e segurança, bem como as iniciativas de comunicação e orientação relativas às medidas preventivas contra a COVID-19. Além disso, tem trabalhado em parceria com os fornecedores para o atendimento das medidas de segurança necessárias para evitar o contágio da COVID-19.

Na área logística, a BRF adotou novos procedimentos de segurança e orientações aos motoristas, como o uso de álcool em gel, limitação da circulação nas áreas comuns das unidades para diminuir risco de contágio, oferta de refeições prontas e suporte médico para as transportadoras para tratar casos suspeitos.

Em relação aos produtores integrados, a Companhia intensificou a comunicação, estendeu seu canal de esclarecimento e orientação médica 24 horas, além de reforçar orientações de higiene dentro e fora do ambiente de trabalho.

Nas unidades da BRF, o trabalho começou antes do surto chegar ao País com a instituição, há cerca de dois meses, do Comitê Multidisciplinar Permanente de Acompanhamento, composto por executivos e médicos, incluindo o infectologista e professor da Universidade de São Paulo – USP, Dr. Esper Kallás. Entre as medidas já adotadas estão a implementação do Home Office desde o dia 12 de Março, o afastamento de colaboradores do grupo de risco – aqueles com mais de 60 anos, gestantes e demais conforme orientação médica – disponibilização de maior quantidade de álcool em gel e/ou produtos alternativos com a mesma eficácia nas portarias, sanitários e áreas de fluxo de pessoas, assim como a intensificação da higienização das áreas coletivas: vestiários, refeitórios, veículos de transporte de funcionários, máquinas, equipamentos, instalações, paredes, pisos, maçanetas e corrimões das unidades.

Para conhecer todas as medidas preventivas implementadas pela BRF, clique aqui.


Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar