Cia de Talentos investe em ferramenta de autoconhecimento

Considerar a personalidade de cada um ao montar equipes pode fazer empresas a decolarem

Aumentar a produtividade é a palavra de ordem em organizações de todos os tipos e tamanhos, junto com a inovação, um dos fatores que mais influencia a competitividade das empresas no mercado em que atuam, seja ele qual for. Ter equipes com alto desempenho é crucial e um caminho bastante eficiente para melhorar o entrosamento do time e obter o melhor resultado individual e do grupo, além de conhecer a fundo a personalidade de cada um. De olho em uma solução efetiva, o Grupo Cia de Talentos, empresa de educação para carreira, adquiriu o uso exclusivo da ferramenta Facet5 – poderosa em autoconhecimento e uma forte aliada de processos de desenvolvimento pessoal.

O inventário de personalidade baseia-se na teoria BIG5, pois afirma ter cinco fatores essenciais quando falamos de personalidade: determinação, energia, afetividade, controle e emocionalidade. Para cada um deles, existem ainda 13 subfatores. É essa combinação que deixa a análise muito mais rica e, para se obter esses dados, o profissional só precisa responder um questionário online, bastante simples e prático. O grande diferencial do Facet5 é que ele possui um olhar mais organizacional, que pode falar com qualquer público e, além disso: foi adequado ao perfil do público brasileiro. Essa é uma ferramenta que ajuda os gestores a compreenderem como as pessoas se diferem em sua essência, em suas motivações, e, o mais importante: o que e como elas buscam alcançar seus objetivos.

Segundo Juliana Nascimento, diretora de carreira e desenvolvimento da Cia de Talentos, no universo corporativo, através dos resultados da ferramenta, as pessoas passam a compreender melhor as semelhanças e as diferenças que possuem junto aos seus pares, clientes e equipes. “O que é extremamente rico, pois a interpretação dos perfis tem contribuido muito no dia a dia das empresas e de cada gestor”, conta. Ainda de acordo com ela, diferenças individuais e a diversidade de perfis, influenciam diretamente na forma de gerenciar as pessoas e como os profissionais trabalham e se comportam com a equipe, além da pergunta essencial: o que os move e o que não?”

Daniela Ito, gerente de carreiras da Libbs Farmacêutica, conta que buscou no mercado ferramentas que pudessem compreender melhor a essência das pessoas, até encontrar o Facet5. “No início, fizemos a formação com 13 colaboradores do RH para que os mesmos pudessem trabalhar nas devolutivas da nossa liderança e, atualmente, já contamos com mais de 320 aplicações. Percebemos então que a ferramenta, além de trazer o autoconhecimento, melhora a interação entre as lideranças, proporcionando melhor entendimento de como o “outro” pode agir frente a determinadas situações e isso vem contribuindo de forma verdadeira para a atuação em equipe. A ferramenta também foi uma forte aliada nos planos de desenvolvimento individual, naquilo que pode ser uma fortaleza ou até mesmo nos pontos que o profissional ainda precisa administrar na carreira”, explica. Ainda de acordo com ela, o Facet5 está inserido nos processos seletivos da Libbs em contratações para cargos de liderança em uma etapa para os finalistas com o objetivo de identificar caracteristicas que podem auxiliar o time que está inserido”, completa.

Tudo isso faz com que seja cada vez mais necessário que os profissionais invistam em um processo de autoconhecimento bem conduzido. Vale dizer que a personalidade é pautada em nossas preferências, porém, o que mostramos para o mundo é o nosso comportamento e quando o profissional tem consciência da sua personalidade, daquilo que faz com mais naturalidade, então, ele consegue direcionar sua carreira para áreas e até mesmo empresas em que possa utilizar mais daquilo que lhe é natural, com melhor produtividade e satisfação.

Outra vantagem que o Facet5 traz é a possibilidade de olhar para o que não é tão natural àquele profissional, para que seja possível investir no desenvolvimento daquele comportamento. A ferramenta fornece uma análise de todos os fatores e sub-fatores, um Retrato da Família, um relatório de Foco nas Competências, um Guia para ser Liderado e um Panorama das Preferências de Trabalho.

A próxima formação já tem data marcada na Cia de Talentos: 26 e 27 de setembro.