Gestão em TI
Tendência

CIOs precisam de maior colaboração entre equipes para liderar a transformação digital

89% dos CIOs afirmam que a transformação digital já se acelerou e 58% preveem que continuará a acelerar no futuro em curto prazo

A Dynatrace, empresa em Inteligência de Software, anuncia os resultados de sua pesquisa global realizada com a participação de mais de 700 CIOs (Chief Information Officers) de todo o mundo. O estudo indica que os líderes de TI estão cada vez mais preocupados em relação à suas próprias capacidades de acompanhar a transformação digital.

De acordo com a análise, os modelos tradicionais de operação das áreas de TI, com equipes isoladas e várias soluções de monitoramento e gerenciamento instaladas, estão se mostrando ineficazes para acompanhar as arquiteturas nativas de Nuvem. Como resultado, os times de gestão estão apenas perdendo tempo, tentando gerenciar manualmente os dados – em um esforço reativo para solucionar desafios em vez de se concentrar em impulsionar a inovação. O relatório global “Como transformar a maneira como as equipes trabalham para melhorar a colaboração e gerar melhores resultados de negócios” está disponível para download aqui.

Entre outros pontos, a pesquisa revela que:

– 89% dos CIOs afirmam que a transformação digital já se acelerou e 58% preveem que continuará a acelerar no futuro em curto prazo.

– 93% dos CIOs dizem que a capacidade das operações de TI de maximizar o valor para os negócios é prejudicada por desafios de gestão, incluindo a existência de equipes de TI e negócios que trabalham em silos.

– 74% dos CIOs dizem que estão fartos da necessidade de colher dados de várias ferramentas para avaliar o impacto dos investimentos em TI nos negócios.

– 40% dos CIOs dizem que a colaboração limitada entre as equipes do BizDevOps atrapalha a capacidade de TI de responder rapidamente às mudanças repentinas e necessárias aos negócios.

– 16% do tempo de uma equipe de TI é gasto em reuniões de negócios para identificar as causas e soluções para os problemas. Esse problema sozinho custa às organizações, em média, US$ 1,7 milhão por ano devido à perda de produtividade.

“À medida que o ritmo da transformação digital acelera e os ambientes Cloud mais modernos e dinâmicos apresentam complexidade crescente, a verdade é que nunca foi tão grande a pressão sobre as equipes para tomar decisões de negócios, baseadas em dados e operações de automatização, para entregar valor de negócios com mais rapidez”, diz Mike Maciag, Chief Marketing Officer da Dynatrace. “No entanto, a falta de colaboração entre equipes e acesso a uma única fonte da verdade em toda a organização está prejudicando a capacidade das equipes do BizDevOps de atingir esse objetivo.

Em vez disso, usando dados diferentes, de várias soluções de monitoramento e análise, e aderindo a uma visão “minha parte funciona bem”, eles estão perdendo centenas de horas e milhões de dólares todos os anos, em vez de buscar metas de negócios compartilhadas apoiadas por percepções holísticas.”

Descobertas adicionais do relatório incluem:

– 49% dos CIOs afirmam ter visibilidade e dados limitados sobre as perspectivas dos usuários de como os serviços digitais estão performando.

– Apenas 14% das organizações têm uma plataforma única, que permite a colaboração entre equipes e uma verdadeira compreensão do impacto de TI nos negócios.

– 49% dos CIOs dizem que as equipes de TI e de negócios trabalham em silos.

– 40% dos CIOs afirmam que a colaboração limitada entre equipes torna mais difícil identificar a gravidade de um problema e minimizar seu impacto geral nos negócios.

– Para ajudar a aliviar a carga de TI e evitar alongar os recursos limitados além de seus limites, as organizações estão adotando novas práticas que dependem da quebra de silos:

– 53% estão adotando BizDevOps

– 50% estão adotando operações de nuvem autônomas

– 47% estão adotando NoOps

“Sem quebrar os silos entre as áreas de TI, desenvolvimento e negócios, as organizações simplesmente não conseguem acompanhar o ritmo acelerado da transformação digital”, acrescenta Maciag. “Capacitar equipes com uma única plataforma de análise e monitoramento, enraizada em um modelo de dados comum, e entregar insights precisos e em tempo real, leva a metas compartilhadas e melhores resultados de negócios.”

O relatório é baseado em uma pesquisa global de 700 CIOs em grandes empresas com mais de 1.000 funcionários, conduzida pela Vanson Bourne e encomendada pela Dynatrace em 2020. A amostra incluiu 200 entrevistados nos Estados Unidos, 100 no Reino Unido, França e Alemanha, e 50 na Austrália, Cingapura, Brasil e México, respectivamente.

 


Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo