Soluções para RH

Com novos protocolos de segurança, empresas se preparam para volta ao escritório

Flexibilização do home office exige cautela e planejamento por parte das empresas, para não expor funcionários à doença

Com a ampliação da flexibilização em várias cidades, a maioria das empresas já tem planos estratégicos e de contingência para retorno de parte dos colaboradores aos locais de trabalho. O retorno ao escritório e à indústria com segurança exige muito mais das empresas do que a obrigatoriedade do uso de máscaras, lavagem correta das mãos e uso de álcool em gel.

Além do distanciamento social e acurada higiene do ambiente, fundamentais dentro e fora dos espaços de trabalho, procedimentos de saúde como avaliação da temperatura corporal e realização de testes de covid-19 estão entre as medidas adotadas.

Fundamental para rastreamento do soro prevalência na população, os testes rápidos para identificação de anticorpos podem também mostrar se as pessoas testadas já tiveram contato com o coronavírus, mesmo as assintomáticas, as quais, embora ainda não confirmado, poderiam fazer parte dos “prováveis Imunes” à COVID-19.

Na opinião do Dr. Wagner Maricondi, Fundador da WAMA Diagnóstica, nesse momento grave para a saúde pública em todo o mundo, o uso de testes rápidos de COVID-19 pode contribuir significativamente para compreender o estágio da doença, o esperado “passaporte de imunidade” e a dinâmica longitudinal dos anticorpos. Mas o médico reforça que este tipo de teste deve ser sempre aplicado por um profissional de saúde treinado, tanto fora como dentro das empresas, além da manutenção de um protocolo que oriente as pessoas que mostrarem teste positivo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo