ComportamentoSaúde

Como a pandemia pode estar afetando a saúde das mulheres

De acordo com a ONU Mulheres, as trabalhadoras da área da saúde, as do setor informal e as trabalhadoras domésticas são as que mais estão sofrendo com os efeitos da pandemia na saúde

Em meio à pandemia que estamos vivendo, o estresse, a ansiedade e a depressão estão arrasando com a saúde das pessoas, principalmente a saúde das mulheres, como tem apontado estudos recentemente.

Apesar de os homens estarem entre 60% e 80% dos mortos pela COVID-19, as mulheres estão mais propensas a serem acometidas por esta nova doença. Isto porque elas são a maioria na linha de frente, como 70% dos profissionais de saúde são mulheres.

Além disso, as mulheres têm que encontrar e manter um equilíbrio entre os cuidados com a casa, com os filhos, marido, a saúde destes, preocupando-se em não serem atingidos por nada, e acaba dando pouca atenção para a própria saúde, tanto física quanto mental.

Esse excesso de preocupação que as mulheres trazem consigo aumentou exponencialmente nesta pandemia, e isso faz com que a sua saúde mental fique sobrecarregada, logo, abalada, sua imunidade pode vir a ser atingida também com tudo isso.

Outro aspecto importante a ser falado é a respeito da violência doméstica, onde o seu índice vem aumentando em todo o mundo, tendo os casais confinados em casa e, desta forma, as mulheres ficam longe do convívio social, não sendo capaz, assim, de receber ajuda, ficando trancada com o seu agressor, que na maioria das vezes é o seu companheiro.

De acordo com a ONU Mulheres, as trabalhadoras da área da saúde, as do setor informal e as trabalhadoras domésticas são as que mais estão sofrendo com os efeitos da pandemia na saúde.

As mulheres que se encontram em home office ainda precisam equilibrar o trabalho remunerado com as tarefas domésticas e, normalmente, sem receber ajuda de outro membro da família. Sem falar nas mulheres que possui filhos, com as aulas suspensas, as crianças estão recebendo auxílio escolar em casa, assim como aulas online, e necessitam, muitas vezes, da ajuda de seus pais, o que, na maioria das vezes, fica a cargo da mãe.

Cuidados com a saúde da mulher

Com o isolamento social e com os dados que vimos anteriormente, do que vem passando pela vida das mulheres, as consultas e exames de rotina que elas estão acostumadas a fazer, estão sendo deixada de lado. Lembrando que isso não deva acontecer!

Situações de estresse global, medo, ansiedade entre outros sentimentos vem acarretando alterações do ciclo menstrual das mulheres, são alterações hormonais e até mesmo de sono desregulada.

Esse tipo de alterações, que, se não tratada com antecedência podem vir a acarretar doenças muito sérias, por isso, não podem deixar de se consultar.

Infertilidade, para aquelas que estão tentando ter filhos, saiba que certos fatores podem vir a trazer a endometriose, para entender melhor o médico ginecologista Fernando Guastella esclarece mais sobre a doença em seu site.

Como sintomas dessa doença são confundidos como algo comumente que acontece no corpo da mulher, como cólicas fortes no período menstrual, ela é difícil de ser diagnosticada com os exames rotineiros, por isso para detectar mesmo a endometriose é realizado o exame de ultrassom transvaginal.

Outras doenças podem estar interligadas conforme alterações hormonais, até mesmo fatores externos, podem estar alterando a saúde da mulher.

Problemas como insônia crônica ainda podem aparecer durante a pandemia, pois é associada à saúde mental.

O que também contribui para o agravo da saúde mental das mulheres durante a pandemia é que a maioria delas encontram-se em serviços e ambiente informais, isso fez com que elas ficassem em casa, aumentando seus afazeres domésticos, visto que os filhos também estão em casa, diminuindo ainda a renda familiar.

Desta forma, muitas estão procurando se reinventar e produzir algo em casa para vender, pensando em aumentar sua renda, com isso, mais trabalho para elas.

Lembre-se que lidar com pessoas é ter empatia pelo próximo, saber o que passa com ele. Cuidar da saúde e qualidade de vida de seus funcionários é algo primordial para que esse possa evoluir na empresa.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar