Tecnologia

Como a tecnologia ajudará a construir as formas de trabalho do futuro

Respostas a essa questão foram debatidas no Congresso de Inovação 2018

A busca por um novo trabalho que não mais o clássico que conhecemos e que formou gerações, a robotização transformando profissões, o desemprego que pode vir com o progresso tecnológico e qualidade de vida x tecnologia foram alguns dos temas discutidos hoje, no primeiro dia da terceira edição do Congresso de Inovação 2018 – Megatendências 2050, que tem como tema “Tecnologia para uma vida de qualidade além dos 100 anos – trabalho, saúde e bem-estar” e coloca os estudantes do Centro Universitário FEI no centro dos debates que pautarão o futuro.

Para a abertura dos painéis de discussões, o evento contou com a presença do vice-presidente executivo de Engenharia da Embraer, Mauro Kern, que acredita que a mudança é a norma da atualidade e precisamos abrir a mente para aproveitar as oportunidades que a tecnologia está criando. “Para nos mantermos essenciais em um mundo cada vez mais automatizado, devemos pensar criativamente, ter inteligência emocional, tomar decisões e compartilhar conhecimento”.

Oskar Kedor, CEO da Mobility; Vladmir Stancati, diretor de Recursos Humanos América do Sul da Festo; e Octavio de Barros, Sócio da Quantum4 – Soluções de Inovação participaram do primeiro painel do dia, mediado pelo reitor Fábio do Prado, que abordou grandes questionamentos sobre a influência que a tecnologia exercerá no trabalho até 2050. Dentre os desafios, os painelistas mencionaram novos modelos de gestão, a necessidade de mudar o modo de aprendizado e a tendência de os empregos serem complementados pela inteligência artificial. “Precisaremos continuar desenvolvendo as nossas habilidades ao longo da vida, permitindo que nossos talentos desabrochem e sejam exercidos em suas plenitudes”, explicou Barros.

O segundo painel contou com a moderação do jornalista José Emílio Ambrósio e participação de especialistas como Renato Auriemo, CEO do CO.W. Coworking; prof. dr. José Cláudio Securato, presidente da Saint Paul; Ailtom Barberino do Nascimento Filho, vice-presidente do Grupo Stefanini; e Leandro Pugliese de Siqueira, vice-presidente de Planejamento, Produto e Digital Office da MAN L.A, discutiu o fato de modelos clássicos de negócio não fazerem mais sentido. “Mudanças acontecem em todos os setores porque as pessoas querem, a tecnologia é apenas um meio para garantir a mudança”, declarou Securato, que lembrou da importância dos educadores acompanharem os avanços tecnológicos.

Sempre instigando os universitários a refletirem sobre temas relevantes, os profissionais também apontaram a segurança como outro quesito que preocupa as empresas que investem em tecnologias de conectividade e o desafio de fazer com que as companhias adotem as novas tendências tecnológicas. “As empresas precisam passar por grandes mudanças culturais para se adaptarem a essas inovações”, afirmou Pugliese.

Auriemo apresentou algumas sugestões disruptivas para educação profissionalizante, declarando que a melhor forma de se relacionar com um conteúdo é através da Inteligência Artificial. “Esta tecnologia aprende com você, enquanto você aprende com ela. Essa troca de conhecimento faz com que as informações mais relevantes cheguem a você de uma maneira personalizada de acordo com as suas necessidades e métodos de aprendizado”.

Ao término do dia, foram promovidas várias rodas de conversas entre alunos e CEOs, com o propósito de aproximar os estudantes da FEI dos profissionais que estão no mercado de trabalho e vivem essas transformações.

Plataforma de Inovação

Os congressos FEI de Inovação e Megatendências 2050 são parte de um amplo projeto denominado Plataforma de Inovação FEI, cujos objetivos incluem preparar professores, alunos e administração a participarem do debate das grandes questões do amanhã com a sociedade civil, empresarial e pública, para, com isso, desenvolver a sensibilidade e visão de como poderá ser o amanhã no qual devam estar inseridos, não como observadores, mas participantes ativos e protagonistas destas mudanças.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios