Como a TV Corporativa pode engajar a equipe durante a Copa

Acontecimento de um megaevento é uma excelente oportunidade de colocar em prática iniciativas para engajar a equipe

Como a TV Corporativa pode engajar a equipe durante a Copa

Mais um megaevento está se aproximando e, como bons amantes do futebol, os brasileiros já começam a se preparar para o maior evento futebolístico do mundo. Como esse ano os jogos vão acontecer na Rússia, muitos colaboradores dentro das empresas já estão manifestando dúvidas sobre como ficarão os horários de dispensa para assistirem os jogos.

É aqui que o RH e o Endomarketing podem entrar em campo. O acontecimento de um megaevento é uma excelente oportunidade de colocar em prática iniciativas para engajar a equipe, promovendo mais entrosamento e melhorando o clima organizacional. Dá para ir muito além do que apenas emitir comunicados gerais sobre as normas da empresa durante esse período. Se a sua empresa conta com uma TV Corporativa é ainda mais fácil conseguir esses resultados.

Por exemplo, antes de começar o evento, você já pode entrar no clima e inserir nas TVs uma sessão com as últimas notícias sobre a seleção brasileira. Outra sugestão é trazer para os colaboradores mais informações sobre o país que sediará o evento.

Mais próximo do início dos jogos, é possível criar um quiz com curiosidades sobre esse evento ao longo dos anos e aproveitar para engajar os funcionários. Durante o campeonato, vale também manter a TV Corporativa atualizada com as regras da empresa neste período, além de levar informações sobre os jogos.

Enfim, é possível usar e abusar da criatividade para potencializar o uso da TV Corporativa. Vale lembrar que o comportamento das pessoas vem mudando ao longo dos anos, principalmente com a chegada das gerações mais jovens ao mercado de trabalho. Então, o uso da comunicação tradicional nem sempre funciona.

Como a TV Corporativa pode engajar a equipe durante a Copa

As TVs possuem um grande alcance entre os mais jovens. Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos demonstrou que elas ainda são o meio central de consumo de conteúdos audiovisuais entre adultos de 18 a 34 anos. Apesar de já terem forte apelo entre a nova geração do mercado de trabalho, as telas podem trazer ainda mais eficiência para a comunicação empresarial se utilizadas em um formato inovador e dinâmico. Empregar melhores práticas nos processos comunicacionais é apenas um dos desafios trazidos pela nova geração de trabalhadores. As empresas que pretendam manter bons resultados e formar equipes eficientes e engajadas não podem deixar de lado a evolução de seus processos e da forma como é feita a transmissão de informações no ambiente corporativo.

Um bom exemplo dessa transição é a substituição dos velhos murais de recados por TVs corporativas. Telas são mais dinâmicas, eficazes e sustentáveis que avisos impressos. Empresas que investem na adoção dessa tecnologia para otimizar a comunicação colhem melhorias nos resultados e na eficiência da sua estratégia. As novas plataformas promovem mais acessibilidade às informações, rapidez e interatividade na relação entre a empresa e seus colaboradores. Como diz Henry Jenkins em seu livro A Cultura da Convergência, “mídias tradicionais são passivas; mídias atuais, participativas e interativas. Elas coexistem e estão em rota de colisão”.

Portanto, aproveite esse megaevento e dê uma cara nova para a comunicação da sua empresa. É a hora de trazer os colaboradores para mais perto.

Por Adriana Bombassaro, Diretora de Produtos da Teclógica.