Gestão

Companhia de tecnologia aposta em home office e aumenta em 30% produtividade da equipe

Modelo de trabalho se comprovou eficiente para a rotina de desenvolvedores e até o fim do ano, 60% da equipe da empresa deve adotar a novidade

Já parou para pensar no tempo em que você perde se deslocando de casa para o trabalho? De acordo com uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) para o Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o brasileiro perde, em média, duas horas e vinte minutos todos os dias no trânsito. No ano, são quase 40 dias gastos com deslocamento. O dado alarmante é só um dos que estão fazendo muitas empresas repensar seus modelos de trabalho.

A Ellevo, companhia de tecnologia com sede em Blumenau (SC) e unidade em São Paulo (SP), é uma delas. No ano passado a marca decidiu apostar no modelo de home office com alguns integrantes da sua equipe. O objetivo, inicialmente, era facilitar a rotina dos colaboradores e, em contrapartida, avaliar a eficácia do formato de trabalho para o negócio.

Os dados são surpreendentes. Como todas as atividades da equipe são acompanhadas através da Plataforma Ellevo, para gestão de serviços e processos, em pouco tempo foi possível perceber a diferença. A produtividade de quem passou a trabalhar de casa aumento em 30%. “Temos uma equipe bastante madura e nosso maior receio era saber se, de fato, excluir da rotina o tempo de deslocamento e permitir um ambiente mais acolhedor ao profissional faria a diferença. Hoje já percebemos que este modelo é o futuro dos negócios e traz muito mais ganhos do que desafios”, destaca a CEO da Ellevo, Irene da Silva Ribeiro.

Companhia de tecnologia aposta em home office e aumenta em 30% produtividade da equipeMais gente trabalhando de casa

De acordo com um levantamento da Catho, mais de 37% dos brasileiros já contam com o modelo de home office integral ou parcialmente em suas rotinas trabalhistas. Na empresa, o objetivo é expandir o formato: até o fim de 2019, 60% da equipe estará atuando em casa.

De acordo com Irene, a área de programação é um das que mais de adequa a novidade. “Estes profissionais não estão em contato com o cliente, portanto não precisam dessa presença física na empresa para reuniões frequentes, por exemplo. Além disso, uma rotina adaptada permite a eles estarem em um ambiente mais silencioso e adequado aos seus gostos pessoais, tudo isso implica em mais disposição e, consequentemente, mais produtividade no dia a dia”, reforça.

Além do apoio da própria plataforma da empresa, recursos de áudio e vídeo facilitam o contato entre as equipes, através da web. “Um dos grandes benefícios é a redução da necessidade de deslocamento. Com o home office eu consigo otimizar meu tempo, sem precisar enfrentar o trânsito até o trabalho, o que muitas vezes já toma um tempo importante no nosso dia. Além disso, reparei um impacto positivo na produtividade, pois consigo focar bastante nas demandas sem distrações comuns do ambiente de trabalho, como as conversas que habitualmente ocorrem nesse ambiente. Hoje ainda vou até a empresa para reuniões presenciais, o que garante que os profissionais mantenham proximidade e estejam bem alinhados quanto as suas demandas”, destaca o analista de sistemas da Ellevo, Evandro Nuss.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios