Conheça os novos prazos do eSocial

Governo resolve dar mais prazo às empresas para o envio de informações do eSocial, veja qual é a sua situação

O governo resolveu alterar os prazos das empresas para a entrega do eSocial. A primeira fase para aquelas com faturamento de até R$ 78 milhões, que se encerraria em 31 de agosto, foi estendida até 30 de setembro. A segunda fase terá início em 10 de outubro e a terceira fase se inicia em 1º de novembro e vai até 7 de dezembro. Com isso, os contadores e as próprias empresas ganham tempo para enviar os dados.

Conheça os novos prazos do eSocial

“É importante ficar atento aos prazos, pois tem havido adequação para que as empresas possam atender às novas exigências”, lembra Murilo Couto, gerente sênior de Certificação Digital da Serasa Experian. Ele adverte também que todas essas empresas devem fazer esses procedimentos por meio de certificado digital válido.

A medida foi adotada depois de o governo ouvir as empresas. A cada fase um conjunto específico de informações devem ser prestadas, por exemplo afastamentos, aviso prévio trabalhando, desligamentos etc. As microempresas (ME), as empresas de pequeno porte (EPP) e os microempreendedores individuais MEIs) que possuem empregados terão prazo até 30 de novembro.