Mundo RH
Tendência

De office-boy a CEO de uma das maiores transportadoras do país

Conheça a trajetória de Laércio Silva, sócio fundador e CEO da Millenium Transportes

Quem hoje vê a Millenium Transportes, uma empresa especializada em mudanças de todos os portes, a nível nacional e internacional, uma das grandes transportadoras de obras de arte e sensíveis, com um faturamento anual de R$30 milhões, não imagina a trajetória profissional de seu CEO e sócio fundador, Laércio Silva.

Silva era um garoto quando ingressou no mercado de trabalho: tinha apenas 12 anos de idade e muitos sonhos pela frente. Seu primeiro cargo foi o de office-boy, em uma grande transportadora. Conviver com o dia a dia do negócio, foi, aos poucos, despertando o interesse de Silva pela área. Ao longo dos dez anos em que esteve nessa empresa, percorreu diversos setores administrativos e adquiriu muitas experiências, principalmente nas práticas do mercado de transporte.

“Meu último cargo nessa empresa foi o de encarregado de processos de licitação em órgãos públicos e cadastro em empresas para concorrências. E minha trajetória somente se encerrou por falta de oportunidade na área em que desejava atuar, o comercial, pois me disseram que não possuía o perfil para o cargo”, conta Laércio Silva.

A negativa foi, na verdade, o pontapé inicial para Silva trilhar novos caminhos. Ao sair dessa empresa, ele conseguiu algumas oportunidades em outros lugares, para atuar no que mais queria: a área comercial. “Cheguei a exercer a função de gerente de vendas em uma dessas empresas e aí veio a ideia de iniciar o projeto de uma empresa de mudança própria. Neste momento nascia, há 21 anos, a Millenium”, orgulha-se o CEO.

E como todo começo demanda muito esforço e dedicação, assim aconteceu para que a Millenium se estruturasse e ganhasse vida. “Ao longo dos primeiros anos, tanto eu quanto minha esposa, fizemos malabarismos para que a empresa atravessasse alguns momentos difíceis. Passamos por crises financeiras, estruturais e de cunho pessoal até que a Millenium se consolidasse no mercado de mudanças e transportes especiais no Brasil e no mundo”, recorda Silva.

Hoje, aos 55 anos, os planos de Laércio Silva são de continuar mantendo a Millenium no caminho do sucesso. “Não pretendo parar tão cedo, pois vivemos em um país de muitas oportunidades, mas que nos desafia diariamente. Até aqui tive o apoio da minha família, minha esposa e filhos que trabalham comigo e acreditam no futuro dos nossos negócios. Agradeço sempre pela negativa que recebi lá atrás e me fez lutar pelo que almejava”, conclui o CEO.

Hoje a Millenium Transportes conta com mais de 180 colaboradores e 300 clientes ativos. Recentemente, a empresa anunciou um faturamento anual de R$30 milhões, com previsão de crescimento de 20 a 30% até o final de 2020.


Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar