Empreendedorismo

Empreendedor mirim abre e-commerce para vender produtos inspirados em games

Márcio Júnior ou MJ, participou do Caldeirão do Huck e já acumula vendas em sua loja MJ Bricks

Cada vez mais crianças se aventuram no mundo virtual. A chamada geração digital, de meninos e meninas entre 6 e 11 anos já dominam não só os jogos, mas também buscam empreender online. É o caso do Márcio Júnior ou MJ de apenas 10 anos. Com a ideia de produzir uma “grife de acessórios que diverte e alegra” o empreendedor mirim nascido ni Rio de Janeiro começou suas vendas pelo Instagram e acabou de abrir sua loja virtual (www.mjbricks.com.br)

A ideia surgiu quando MJ começou a produzir itens infantis inspirados em games e no universo Lego – tudo de forma manual e com a ajuda da mãe Myrian. Entre as criações estão os brincos, colares, tiaras, pulseiras e chaveiros – entre outros itens. O objetivo principal deste negócio era arrecadar dinheiro para comprar um vídeo game. Porém, após realizar as primeiras vendas, o empreendedor mirim optou por usar o valor arrecadado para ajudar a mãe nas contas de casa e foi a partir daí, que viu nas vendas uma forma de ganhar dinheiro fazendo o que gosta.

“Muitos amigos tinham video game e eu não tinha. Minha mão não podia me dar e trabalhava muito. Com 9 anos pedi para trabalhar. A primeira ideia foi vender bala na rua, depois consegui uma vaga em uma oficina. Também pedi para trabalhar no lava rápido. Minha mãe não me deixou arriscar em nenhum destes lugares. Um dia voltando da escola, vi um menino um acessório de games e pensei: não deve ter muita marca que venda isso”.Foi aqui que resolvi empreender, juntando a minha paixão por games, conta Márcio Júnior.

De acordo com o especialista em comércio eletrônico Alfredo Soares, a tecnologia tem tornado cada vez mais acessível a entrada no mundo digital. Ainda segundo Soares, existem no mercado plataformas gratuitas e intuitivas – que não necessitam de muito conhecimento técnico, possibilitando que até mesmo uma criança consiga empreender online. “Acredito que todos nós já nascemos vendedores e por isso creio que qualquer pessoa com atitude e força de vontade possa empreender. O caso do MJ é surreal! Ele produz seus produtos brincando e apostou em um nicho pouco explorado – um dos grandes diferenciais para quem quer se dar bem vendendo pela internet”, comenta.

Neste sábado, 23 de novembro, MJ participou do programa Caldeirão do Huck e contou sua história para o Brasil todo. Na ocasião, ele recebeu dicas para melhorar suas vendas no Instagram – que possui quase 10 mil seguidores. Para potencializar as vendas, o empreendedor mirim abriu sua primeira loja virtual, com ajuda do Movimento #BoraVender (www.boravender.com.br) – ecossistema comandado por Soares que reúne em uma plataforma digital conteúdos práticos, didáticos e motivacionais para os que sonham em abrir um e-commerce e também para os que querem crescer o seu negócio online.

Durante os próximos meses, uma equipe do BoraVender  dará suporte ao jovem empreendedor por meio de conteúdos educativos, para ajudar a Loja MJ Bricks a decolar ainda mais na internet.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar