Gestão

Gestão de pessoas: como torná-la eficiente em sua empresa?

Um RH estratégico tem análises confiáveis e baseadas em dados, conhece do negócio da empresa e das áreas e participa ativamente do planejamento estratégico

O cenário de um RH que está sempre cheio de demandas e executa com qualidade os seus processos, mas que mesmo assim se considera desvalorizado dentro de uma organização, é mais frequente do que se imagina.

Geralmente, os gestores enxergam a área apenas como operacional e geradora de custos, além de não darem tanta credibilidade às propostas e pedidos que vêm do RH. Mas saiba que é possível fazer uma gestão de pessoas diferente e que extrapole os limites historicamente impostos ao setor.

É por esse motivo que ouvimos tanto falar em RH estratégico. Esse novo tipo de atuação para o RH não só é possível, como cada vez mais necessário. As empresas precisam de uma gestão de pessoas profunda, eficiente e com grandes impactos nos resultados da organização, o que é um novo desafio para o RH.

Gestão de pessoas: como torná-la eficiente em sua empresa?O que é uma gestão de pessoas estratégica?

Você já reparou que todos os setores da empresa, cada um com sua especificidade, opina ou pelo menos contribui com as decisões de negócio? Quando os diretores querem fazer alguma mudança, consultam a área de produto, a situação financeira, fazem planos junto ao marketing e traçam estratégias comerciais.

Um RH estratégico é um setor de gestão de pessoas que ocupa esse mesmo lugar e traz grandes contribuições, através da análise do capital humano, para uma organização.

Por consequência, um RH estratégico tem análises confiáveis e baseadas em dados, conhece do negócio da empresa e das áreas e participa ativamente do planejamento estratégico. Para isso, o setor precisa de tempo, então é comum que os RH’s mais estratégicos contem com a tecnologia para a realização de processos muito operacionais.

Esse tipo de atuação significa ter mais visão sistêmica e preocupação com o negócio como um todo, não apenas com a área de gestão de pessoas. É preciso entender a fundo a situação da empresa e os impactos globais de cada decisão que envolve o RH.

Por que se tornar um RH estratégico?

O esforço de ter uma gestão de pessoas realmente eficiente traz benefícios para todos. Para a empresa, o setor deixa de ser apenas um gerador de despesas, já que se torna possível calcular o retorno trazido por cada investimento.

Além disso, a organização passa a contar com predições e análises confiáveis para tomar suas decisões sobre pessoas, minimizando os riscos de grandes gastos. Assim, a gestão de pessoas é feita com mais objetividade e assertividade e os ganhos em performance são garantidos.

Para os profissionais da área, uma atuação estratégica expande conhecimentos, habilidades e até sua própria credibilidade. Você pode, por exemplo, atuar como business partner, o que significa aprender um novo modelo de trabalho e ainda conhecer profundamente outras áreas da empresa. Tudo isso traz maior reconhecimento e consequente satisfação, além de muito desenvolvimento para quem trabalha no RH.

Como tornar a gestão de pessoas eficiente e estratégica?

Agora que já entendemos que ir além da simples execução de processos e atuar como um RH estratégico tem tudo a ver como uma gestão de pessoas eficiente, veja algumas dicas para você transformar o seu setor!

Invista na análise de dados

A análise de dados talvez seja a principal premissa de uma gestão de pessoas eficiente. Até porque, para saber sobre essa eficiência, é necessário quantificar, medir. É interessante atuar em duas frentes no que diz respeito à análise de dados.

A primeira delas é a coleta de indicadores, que trazem resultados sobre o próprio trabalho do RH e sobre aspectos gerais, como produtividade e satisfação dos colaboradores. Comece estruturando as métricas de recrutamento e seleção, desempenho e treinamento, por exemplo e faça a coleta com regularidade. Ao longo do tempo, as análises serão ricas, metas serão estabelecidas e resultados bem quantificados.

A outra forma de atuação é uma tendência mais recente e diz respeito ao cruzamento de dados sobre o comportamento e o desempenho das pessoas, para traçar padrões e tomar decisões mais assertivas. Essa prática é conhecida como People Analytics e tem aplicações ricas em seleções, processos de desenvolvimento e retenção de colaboradores.

Analise o comportamento humano

Outra forma de trazer eficiência para a gestão de pessoas é mapear e analisar o comportamento humano, de forma que o excesso de subjetividade seja eliminado. Para isso, invista em ferramentas de mapeamento comportamental baseadas na Metodologia DISC e com acurácia garantida.

Esse tipo de teste permite coletar mais de 50 informações sobre o comportamento de cada colaborador ou candidato e ainda serve de base para o people analytics, por exemplo. Os benefícios da avaliação comportamental para o RH são inúmeros e geram muito valor.

Entenda do negócio

Conhecer a sua organização de forma mais global também é premissa de qualquer RH estratégico. Como você vai ter capacidade de opinar sobre decisões de negócio e ser ouvido se não conhece a fundo a atividade fim da empresa? Como vai executar a gestão de pessoas de alguma área, em parceria com a liderança, sem conhecer os objetivos e metas desse setor?

Busque conhecimento internamente, converse com as lideranças e demais colaboradores e também com a alta direção. Conhecimentos mais globais sobre gestão, de fontes externas, também são bem-vindos, assim como ter uma boa noção do mercado em que sua empresa está inserida.

Participe do planejamento estratégico da empresa

O próximo passo, depois que você já entende do negócio e de seu próprio trabalho, é participar ativamente dos momentos de planejamento da empresa. Leve seus dados, mostre o valor das informações e dê opiniões embasadas em ferramentas e análises objetivas.

É claro que, para isso, a relação de confiança tem que ser estabelecida aos poucos, o que já estará sendo construído através de todas as outras dicas para ser um RH estratégico.

Use a tecnologia a seu favor

A dica final também é um tema bastante recente. Para ter tempo e capacidade de ser estratégico, não dá para passar um dia inteiro lendo currículos ou passando dados da avaliação de desempenho para uma planilha, certo? Conte com a tecnologia para te ajudar a diminuir a carga operacional de trabalho e até para motivar os profissionais da sua área.

Existem softwares de RH que englobam todos os processos da área, permitem que seu processo seletivo seja mais rápido e assertivo, integram as informações sobre colaboradores e ainda te ajudam na análise de dados, por exemplo. A tecnologia é uma grande aliada e não pode deixar de ser usada.

Por Marcelo Furtado, CEO da Convenia

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios