Gestão

Gestão humanizada e saúde mental são as apostas das grandes empresas

A gestão humanizada está relacionada à forma como os colaboradores são vistos e tratados dentro do ambiente corporativo

Qualificação, coesão, proatividade e engajamento da equipe são fatores primordiais perseguidos pelas empresas para se manterem competitivas no mercado. Mas a saúde mental no ambiente corporativo passa a ser uma meta a alcançar, através de uma gestão mais humanizada.

Mas nem sempre querer é poder. Existe uma linha tênue sobre o que desejamos e o que conseguimos alcançar, principalmente quando esse alcance diz respeito às ações do outro. Na verdade, essa implantação faz parte de um trabalho de formiguinha com diversas ações a serem desenvolvidas para equilibrar o ambiente organizacional e fazer com que os colaboradores se sintam mais envolvidos em todos os processos gerando muitos impactos positivos para uma empresa que aposta em uma gestão humanizada.

A gestão humanizada está relacionada à forma como os colaboradores são vistos e tratados dentro do ambiente corporativo. O funcionário deve deixar de ser visto como um simples empregado que possui diversas funções. Ele precisa ser encarado como uma peça chave importante na construção de uma empresa sólida e bem-sucedida. Até porque quanto mais feliz ele esteja, mais engajado ele estará. É muito importante valorizar o profissional enquanto ser humano, para que ele tenha a possibilidade de crescer, pessoalmente e profissionalmente.

Em contrapartida, ao instituir a gestão humanizada, podemos a curto e médio prazo, identificar os impactos positivos que estão atrelados a esse tipo de gestão. Uma vez que ela induz a valorização do trabalhador como um ser humano proativo, que está integrado a um processo global que gera resultados para a humanidade, sem esquecer de seu próprio valor, de suas necessidades psíquicas, biológicas e sociais. Isto porque ele deixa de ser apenas o indivíduo que trabalha em troca de receber, ao final do mês, um determinado salário ou benefícios e passa a ser visto como um componente que acompanha as estratégias da alta direção, empregando esforços em busca de um objetivo comum que traga benefícios para a sociedade como um todo.

Além disso, em um local onde reina o respeito, a valorização e a atenção com saúde mental, os funcionários tendem a trabalhar mais motivados. Outro benefício da gestão é a retenção dos talentos e a diminuição do Turn Over, afinal o funcionário satisfeito, que é bem tratado, reconhecido, respeitado e valorizado, não sentirá desejo em mudar de empresa. A gestão humanizada no ambiente organizacional irá promover uma cultura em que os bons profissionais queiram permanecer ali.

Enfim, não sabe por onde começar para implantar esta gestão mais humanizada na empresa? Então comece pela promoção do diálogo e da escuta ativa. A comunicação eficaz é a melhor experiência da organização, se tornando a base para a construção de relações sólidas, leves e salutares. Além disso, devemos ter atenção aos ambientes de convivência. Estes devem possibilitar a interação e instigar sensações de leveza e descanso ao trabalhador. Pequenos detalhes que geram reconhecimento e o espírito de pertencimento em todos dentro do ambiente corporativo. Auxiliando também no equilíbrio físico e mental dos integrantes da empresa.

Andrea Ladislau é graduada em Letras e Administração de Empresas, pós-graduada em Administração Hospitalar e Psicanálise e doutora em Psicanálise Contemporânea

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo