Boas práticasPremiação
Tendência

Gestão inovadora e participativa coloca Pormade no ranking GPTW pela 17ª vez consecutiva

Empresa é reconhecida por valorizar o capital humano e incentivar a participação efetiva dos colaboradores nas decisões, erros e acertos

Gestão inovadora e participativa coloca Pormade no ranking GPTW pela 17ª vez consecutiva

Imagine trabalhar em uma companhia que paga uma bonificação em dinheiro para os colaboradores abraçarem o negócio como se fossem os próprios donos, se envolverem nas decisões e até mesmo errarem? É com essa gestão inovadora e participativa que a Pormade, uma das maiores fabricantes de portas do Brasil, é reconhecida desde 2002 como uma das 150 melhores empresas para se trabalhar no ranking do Great Place to Work (GPTW).

A  companhia acaba de receber a sua 17ª premiação consecutiva do GPTW, ficando em 13º lugar em 2019 no ranking geral das médias nacionais. A gestão da Pormade é um dos destaques da trajetória de 80 anos da empresa. E graças a essa atuação empreendedora implantada pelo diretor-presidente, Claudio Zini, passou a valorizar, ainda mais, o capital humano. O grande diferencial da Pormade é que os profissionais têm o poder de agir, apresentar ideias e expor problemas e soluções.

O constante investimento em educação, projetos sociais, culturais, esportivos e em ações voltadas ao bem-estar fazem com que a empresa tenha, semanalmente, uma fila de pessoas interessadas em trabalhar no escritório e nas fábricas localizadas em União da Vitória (PR). Todo mês, são mais de 200 profissionais que procuram a companhia para uma oportunidade de trabalho, bem como, participar de processos de triagem de currículos e entrevistas com a equipe de RH.

Gestão inovadora e participativa coloca Pormade no ranking GPTW pela 17ª vez consecutivaE não poderia ser diferente quando a pesquisa de clima organizacional indica que quase 100% dos 650 colaboradores apresentam um alto índice de satisfação. Na Pormade, são oferecidos cursos e atividades diversas para os funcionários e familiares, entre eles, ensino fundamental e médio, cursos de inglês, informática, artesanato e ginástica.

“O segredo é inovar sem perder a essência. Trabalhamos constantemente as mudanças e inovações, tendo uma gestão totalmente participativa. Costumo dizer que na Pormade o funcionário que tem futuro é aquele que é desobediente, mas desde que com boas intenções”, explica Zini.

Semanalmente, uma das práticas que também dá autonomia para os profissionais apresentarem problemas e ideias é o “Café com o Presidente”. No encontro, as equipes interagem diretamente com o diretor-presidente, comentam sobre os valores da empresa, apresentam sugestões e apontam melhorias.

“O nosso diferencial é que não pressionamos ninguém a dar resultados. É um processo natural na Pormade. Uma maior autonomia dos colaboradores propicia mais qualidade e, consequentemente, inovação. E toda inovação é celebrada e incentivada, inclusive financeiramente às equipes que a desenvolvem. Para nós está bem claro que felicidade traz retorno financeiro. E vamos seguir nesse caminho para abraçar cada vez mais a inovação corporativa”, finaliza o executivo.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar