Treinamento

Gestum incorpora empresa de gamificação e simuladores virtuais por 6 milhões

Forte tendência de adesão das metodologias pelos RHs nos próximos anos motivou a aquisição do controle da Oniria

A Gestum,  empresa de soluções de e-learning que tem como sócias os fundos Warehouse Investimentos e Spectra Investimentos, anuncia a incorporação de mais uma companhia, a terceira em 03 anos. Trata-se da Oniria, uma das maiores  empresas de soluções e engajamento em gamificação e simuladores virtuais do Brasil por R$ 6 milhões, entre pagamentos em dinheiro e ações. Com a aquisição do controle da Oniria, a Gestum passa a ter 120 funcionários no total e três sedes, em São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul.

Fundada em 2002 em Londrina (PR), a Oniria já realizou mais de 5 mil horas em projetos para diversas empresas, entre elas Petrobras, Ford, Coca-Cola, Itaú, Embrapa e Vale. A empresa atua também fora do país, com projetos em países da América Latina, além dos Estados Unidos.

De acordo com Cesar Braga, fundador e CEO da Gestum, a incorporação da Oniria leva a companhia a um estágio mais avançado e vem de encontro às novas tendências de aprendizado com gamificação, de forma lúdica e simples. “A junção de experiências entre Gestum e Oniria alça a companhia a um outro patamar e ajudará em nosso crescimento exponencial, que deve atingir 30% somente este ano e acumulado de 400% nos últimos quatro anos”, afirma. “Elementos de gamificação, incluindo plataforma LMS, serious games e simuladores virtuais, são nossas grandes apostas, já que o futuro para os RHs das empresas será utilizar essas ferramentas para treinamentos, as quais possibilitam situações lúdicas, engajadoras e semelhantes a casos reais de forma ágil e econômica”, relata Braga.

Para Nícholas Haydu, CEO da Oniria e que agora passa a ser responsável pela área de serious games e simuladores virtuais da Gestum, a incorporação tem como objetivo suprir a demanda de mercado por uma área de Recursos Humanos mais estratégica. “Sempre nos deparamos com empresas que não tratam o RH como uma parte importante do planejamento. Com a nossa solução é possível observar desempenho e resultados por meio de números e, portanto,  fica mais fácil convencer outros setores da empresa que é fundamental  ter investimentos no RH. Em outros países isso já é feito”, ressalta.

E o mercado de fato deve ficar aquecido, já que levantamentos mostram que a gamificação será uma forte tendência no mercado corporativo. Até 2020, estima-se que 85% das grandes organizações mundiais terão elementos de gamificação em suas operações. Avalia-se também que o investimento no setor será de cerca de US$ 5 bilhões até 2018. Uma pesquisa realizada com promotores de vendas da TMS – Trade Marketing Solution, empresa especializa em operações de trade marketing e vendas, identificou ainda que o uso de gamificação para controle da equipe aumenta, em média, 20% o resultado em vendas.

“É possível utilizar a gamificação em ambiente corporativo em várias etapas, como para conhecimento da cultura organizacional, aprendizado de equipe quanto ao processo de trabalho, engajamento nas tarefas, liderança para emergir na equipe, entre outras”, complementa o CMO da Oniria, Rodrigo Martins, que também ficará a frente da área de jogos sérios e simuladores virtuais da Gestum.

Até o fim de 2018, a Gestum pretende dobrar de tamanho, inclusive com a expansão para outros mercados. “Pretendemos atingir no ano que vem 100% de crescimento e novas incorporações de empresas não estão descartadas, principalmente de outros mercados”, revela César Braga.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios