Premiação

GPTW classifica Santander como uma das 150 melhores empresas para se trabalhar no Brasil

Funcionários reconheceram o banco por dar oportunidades de crescimento; possibilitar a inovação no dia a dia e alinhar valores e cultura com os colaboradores

A consultoria Great Place to Work divulgou na noite de ontem (12) a Lista das 150 Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil. Pela 4ª vez consecutiva o Santander aparece no ranking acompanhado de outras coligadas do Grupo que também figuram na listagem. Desde 2006, o Banco aumentou em 35 pontos seu índice de confiança.

“Temos trabalhado para melhorar, ampliar e divulgar nossas práticas internamente de forma mais consistente. Nossos colaboradores precisam saber o que têm à disposição para usufruir. Esse foi um dos pontos que colaboraram, por exemplo, para o destaque que recebemos enquanto empresa que adota boas práticas nos cuidados à primeira infância durante o evento do GPTW”, comemora a vice-presidente de Recursos Humanos do Santander, Vanessa Lobato.

Para participar do levantamento é preciso aplicar pesquisa quantitativa e uma auditoria de práticas. No último mês de março, todos os funcionários, estagiários e jovens aprendizes do Santander Brasil responderam a um questionário, que gerou uma nota com peso de 67% na pontuação final. Neste ano, o Banco passou de 81 para 82, pontos.

No segundo critério, a auditoria de boas práticas (com peso de 33%), o crescimento foi de dois pontos percentuais na comparação com 2018. O levantamento indicou que o engajamento se dá principalmente por três motivos: possibilidade de se desenvolver e crescimento; capacidade de inovar no dia a dia e pelo alinhamento com os valores e cultura do Banco.

Neste ano, o Santander já foi reconhecido em pelo menos outros três momentos importantes: uma das melhores empresas para mulheres trabalharem (GPTW Mulher); uma das melhores empresas para se trabalhar na América Latina (GPTW Latam); e a empresa do ano no Guia Exame de Diversidade. Esta última pesquisa é realizada pela revista em parceria com o Instituto Ethos, e avalia empresas que promovem inclusão de mulheres, negros, pessoas com deficiência e LGBTI+.

A Academia Santander é um dos diferenciais da organização. “A nossa universidade corporativa é baseada no protagonismo de cada funcionário, estimula a busca espontânea de conhecimento na imensa oferta que disponibilizamos. É por isto que existe uma grande percepção de que aqui as pessoas se sentem desafiadas e possuem oportunidades para crescer. A valorização da qualificação é importante para nossos funcionários e para nós”, enfatiza Vanessa.

A consulta, realizada com os funcionários das empresas, leva em conta cinco aspectos: credibilidade, respeito, imparcialidade, orgulho e camaradagem. O questionário visa entender as ações em prol dos funcionários, bem como o sentimento de cada um. As respostas são dadas de forma voluntária, sigilosa e anônima.

A edição desse ano contou com mais de 1.500 companhias inscritas e 1,5 milhão de respondentes. A soma dos indicadores é utilizada pela GPTW na construção do índice que define o ranking.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios