Boas práticasDiversidade
Tendência

Guiabolso faz semana de diversidade e inclusão para colaboradores

Semana terá palestras e discussões sobre as oportunidades concedidas a pessoas trans e de outros grupos da sociedade

Guiabolso faz semana de diversidade e inclusão para colaboradores

Em uma iniciativa inédita para promover a empatia e troca de experiências entre grupos diversos e dar voz a todos da empresa, o aplicativo Guiabolso promove, a partir de 11 de novembro, uma semana de atividades relacionadas à diversidade e inclusão no ambiente de trabalho. As ações envolvem desde palestras sobre o tema até um espaço personalizado com relatos de quem faz parte de grupos que sofreram (ou sofrem) algum tipo de preconceito da sociedade.  “Como aplicativo, respeitamos as escolhas dos usuários com o dinheiro. Como empresa, está no nosso DNA seguir esse pensamento e incentivar que cada colaborador respeite a maneira de ser do colega”, diz a head de Pessoas do Guiabolso, Katima Minzoni.

Guiabolso faz semana de diversidade e inclusão para colaboradores

A fintech possui um Comitê de Diversidade, formado pelos próprios funcionários, que sempre tenta trazer temas novos para o ambiente. “Já foram promovidos, por exemplo,  Cafés para discutir a autoaceitação, empatia, entre outros temas. Dessa vez, resolvemos fazer uma semana inteira de ações para que o colaborador tenha o máximo de contato possível com o que é diferente dele”, afirma.

Para incentivar os colaboradores a participarem ativamente do debate, em um dos dias haverá  um jogo de perguntas e respostas enviado a cada funcionário.

Colaboradores fazem reunião em espaço que representa a diversidade

“As respostas podem ser compartilhadas com as outras pessoas e iniciar um novo ciclo de debates e reflexões para aprofundar o tema ou colocar em prática soluções mais inclusivas no dia a dia do trabalho”, destaca Katima.

Programação da Semana Guiabolso da Diversidade

11 de novembro (segunda-feira): a Semana da Diversidade vai ser aberta com o Museu da Empatia, um local personalizado criado na própria sede da empresa, em São Paulo, e que ficará aberto até o final da semana. Nele, os participantes terão acesso a áudios anônimos destacando como é crescer fazendo ou se sentindo parte de um grupo com algum tipo de esteriotipização, como LGBTQ+ ou de mulheres.

12 de novembro (terça-feira): está prevista uma palestra com a fundadora do Transempregos, Maitê Schneider. A conversa será uma oportunidade para debater a representatividade das pessoas trans e das mulheres no mercado de trabalho, em especial na área de tecnologia.

13 de novembro (quarta-feira): os funcionários do Guiabolso poderão participar de um quiz com o tema “corrida de privilégios”. Ele vai ser enviado por email a todos os participantes pra conscientizá-los que muitos fatores interferem nos acontecimentos vividos e, às vezes, a gente nem se dá conta que isso pode ser diferente com as outras pessoas. E a estratégia pra mostrar isso vai ser com uma atividade lúdica tentando simular essas situações e mapear alguns perfis ou comportamentos. Os resultados vão ser analisados pela Comissão da Diversidade do Guiabolso e devem ser usados como ponto de partida pra desenvolver novas ações nos próximos meses.

14 de novembro (quinta-feira): os funcionários poderão participar de um workshop, desta vez comandado por Natasha Gabrieli, fundadora do canal Meu Mundo Diverso. Ela vai explicar como os preconceitos são criados no nosso cérebro e quais ferramentas podem ser usadas para ajudar a romper estereótipos. O encontro vai acontecer num formato bastante utilizado pelo Guiabolso, o Diversicoffee. Isso mesmo, uma pausa em pleno expediente pra um café e uma discussão sobre temas envolvendo diversidade e inclusão no ambiente de trabalho.

Os participantes das atividades vão receber uma espécie de passaporte. A cada evento participado, ele ganhará um carimbo. E, se ao final da semana, o colaborador tiver todos, vai ganhar uma camiseta alusiva à Semana da Diversidade. Quem não conseguir todos os carimbos poderá comprar a peça roupa ao final da semana e pelo preço de custo dela. “A ideia é incentivar que todos vistam essa camisa”, explica Katima.

A ação é voltada para os funcionários do Guiabolso interessados em se aprofundar no tema. A participação também vai se estender a um número limitado de integrantes da comunidade da WeWork de Pinheiros, onde a fintech fica localizada. Os interessados das outras empresas do prédio deverão se inscrever  previamente em uma lista . “Já que o tema envolve inclusão e propõe reflexões sobre o que estamos fazendo, nada mais relevante que estender a oportunidade a pessoas que trabalham no mesmo prédio que a gente e usam os mesmos acessos e parte da estrutura que temos aqui no Guiabolso”, destaca Katima Minzoni.


Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar