Mundo RH

HSM Expo 2019: veja os destaques do primeiro dia do evento

Fareed Zakaria, Eric Ries, Paulo Kakinoff, Contardo Calligaris, Charlene Li, Paul Zak e líderes das big techs marcaram presença no evento

HSM Expo 2019: veja os destaques do primeiro dia do evento

O uso da tecnologia com coragem, para unir pessoas em prol de um propósito, foi o discurso comum a todos os palestrantes do primeiro dia do HSM Expo 2019. O dia foi encerrado com participação do neuroeconomista Paul Zak, diretor fundador do Centro de Estudos de Neuroeconomia na Claremont Graduate University. Sua palestra abordou como criar equipes e empresas de alta performance por meio da confiança. “Estamos atrás de equipes e empresas de alta performance, mas como fazemos isso? Pelos nossos estudos, percebemos que a confiança é extremamente importante. Se o líder confia no seu time, ele tem mais tempo para dar foco a outras atividades. Assim, a confiança reduz o risco de falhas e ainda pode aumentar os lucros, porque você terá funcionários mais comprometidos e satisfeitos.”

Zak ainda trouxe dados de pesquisa que identifica como o hormônio da oxitocina – geralmente relacionado à amamentação, ao parto e ao sexo – pode afetar diretamente o comportamento humano e suas relações de confiança e empatia, e como isso pode afetar a performance de uma empresa.  “O estresse não é ruim – exceto quando se torna uma doença crônica. Mas, de maneira geral, colaboradores precisam ser desafiados para seus cérebros permanecerem focados. É preciso ter um nível de estresse que o faça trabalhar, conectando-o às suas tarefas. Em uma empresa de alta confiança, o estresse acaba no fim do dia, pois a pessoa consegue se desconectar após um dia de intensos desafios. No entanto, nas empresas de baixa confiança, o colaborador está estressado o tempo todo. O cérebro libera oxitocina apenas se necessário e fará isso apenas se provocado”, reforçou o cientista.

Outro destaque do dia ficou por conta de Charlene Li, especialista em estratégias de inovação e eleita pela revista Fast Company como uma das mentes mais criativas do planeta. Li subiu ao palco para falar sobre o mecanismo da disrupção e como algumas organizações conseguiram se transformar ao longo do tempo. “As pessoas esperam uma fórmula mágica, mas a disrupção na verdade está no crescimento”, pontuou a executiva.

Charlene também ressaltou a importância de pensar no seu futuro cliente e como fazer isso, dando cinco sugestões para atingir esse objetivo: colocar os seus clientes em um gráfico;  ter curiosidade sobre quem eles são – como se sentem, como pensam, o que fazem, o que dizem; criar um quadro de Conselhos para seus clientes; definir o seu futuro cliente com pesquisas, e não com rumores; e conectar-se com seus clientes mais engajados. “Um líder disruptivo precisa criar uma mudança exponencial”, afirmou a especialista.

HSM Expo 2019: veja os destaques do primeiro dia do evento

A parte da tarde do primeiro dia da HSM Expo também trouxe Contardo Calligaris, escritor, psicanalista e dramaturgo italiano radicado no Brasil. Calligares refletiu sobre o papel da tecnologia e do futuro do trabalho para uma perspectiva pessoal do uso dessas ferramentas. “Será que a construção de um avatar digital é uma diversão que diminui a nossa capacidade de aproveitar a vida ou será que em si, é uma maneira diferente, nova, de poder aproveitar a vida? A modernidade inventa a liberdade de vir a ser qualquer outra coisa, mas nós somos o que conseguimos fazer com que os outros pensem de nós”, questionou.

O foco nas pessoas, mas dessa vez com foco em capacitação para o ambiente organizacional, também esteve presente em um painel com as líderes das principais companhias de tecnologia do país. Cristina Palmaka, presidente da SAP Brasil, Tania Cosentino, presidente da Microsoft,  Ana Paula Assis, presidente da IBM América Latina e Monica Herrero, CEO da Stefanini, destacaram a preocupação com as pessoas e com o desenvolvimento de profissionais de diferentes gerações ao longo dos próximos anos.

No painel moderado pela executiva e consultora Martha Gabriel, todas abordaram o papel da tecnologia nesse novo cenário. Pontos como a influência do 5G, o papel da liderança nos novos tempos, a cibersegurança e o uso de ferramentas digitais orientadas a resultados foram alguns dos pontos abordados.

Perspectivas macroeconômicas e gestão de mudança – O renomado escritor e jornalista especializado em políticas internacionais Fareed Zakaria também passou pelo principal auditório da HSM Expo, na abertura do primeiro dia. O escritor abordou o impacto de decisões relacionadas aos conflitos entre Estados Unidos e China com os desdobramentos para o Ocidente, tanto em termos de relações geopolíticas quanto no próprio sentimento dos cidadãos desses locais. “Hoje, cada um de nós tem os nossos próprios fatos e quais são nossos heróis. Isso é produzido por tecnologia porque é possível dividir e segmentar como nunca. Estamos cada vez mais inseridos dentro das nossas tribos: queremos esse tipo de informação e falar só com pessoas que concordam conosco. O desafio dos líderes nesse cenário é aliar a capacidade de fazer reformas e unificar cidadãos, em vez de dividi-los”, destacou.

Eric Ries, empreendedor do Vale do Silício, autor e criador do movimento Lean Startup, também destacou a habilidade de gestão de mudança como uma capacidade essencial para a sobrevivência das companhias. “As métricas de sucesso e evolução precisam ser reavaliadas. A metodologia é usar indicadores de crescimento futuro para o crescimento no longo prazo. Essa filosofia é a chave para a evolução, uma nova forma de corporação pensando nas pessoas. Isso tem que acontecer com todas as pessoas, de todos os níveis. Esse é o futuro que temos de construir”, frisou.

Encerrando a manhã, Paulo Kakinoff, presidente da GOL Linhas Aéreas, mostrou a aplicação disso na prática, afirmando que a companhia hoje tem construído um nível de eficiência operacional excelente, de forma inédita. “Somos atualmente a única companhia aérea de baixo custo entregando esse modelo de negócio. Nosso principal objetivo é oferecer aos nossos clientes o melhor serviço ao menor custo”, explicou.

A riqueza do intercâmbio de ideias e a inovação vista por diversos ângulos foi um dos destaques da 19ª edição da HSM Expo para Reynaldo Gama, CEO da HSM. O executivo reforça a importância da ousadia para o aprendizado e a sobrevivência das pessoas ao longo do tempo “Acredito muito nessa busca infinita para sermos filhos, pais, líderes e executivos melhores. A inquietação é um componente fundamental na busca pelo conhecimento”, afirmou.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar