Comportamento

Inbound Recruiting é a estratégia usada pelo RH para atrair talentos

Em um cenário de disputa pelos melhores profissionais do mercado, essa é uma maneira de se destacar e concorrer pelo mesmo perfil de candidato, apropriando-se de conceitos como atrair, converter, contratar e encantar

Ainda é pouco disseminado como a transformação digital tem impactado positivamente a forma como as empresas (o RH) vem selecionando e recrutando candidatos e que tenham a mesma cultura das organizações e vice e versa. Como conquistar talentos para o time e despertar o interesse dele em trabalhar na empresa? Uma das ferramentas é a estratégia de Inbound Recruiting, que foi desenvolvida em alusão ao Inbound Marketing.

“Trata-se de um meio que utiliza conteúdo em formato de artigos, vídeos, podcasts etc., para construir um relacionamento com consumidores ou potenciais clientes, fugindo do modo tradicional que apenas utiliza os benefícios de um produto ou serviço como insumos de comunicação”, explica o Diretor de Marketing da Kenoby, software de recrutamento e seleção.

Segundo Sobral, o objetivo é produzir e distribuir conteúdo sobre determinada empresa a fim de construir e se aproximar dos profissionais do mercado. “Em um cenário de competição entre talentos, esta pode ser uma grande estratégia, tendo em vista que promove a marca empregadora, ou seja, a imagem da organização como lugar ideal para se trabalhar”, diz ele.

A seguir, elaboramos um questionário esclarecendo as principais dúvidas sobre o assunto e como a área de Recursos Humanos pode trabalhar melhor essa tática para contratar com excelência e assertividade.

 

Como funciona?

A metodologia se apoia em quatro pilares, que são: atrair, converter, contratar e encantar. Na etapa “atrair”, as empresas devem produzir conteúdo que despertem o interesse dos profissionais do mercado, seja para resolução de alguma situação-problema, para apresentar a maneira com que a empresa se dedica aos seus colaboradores, como funcionam os seus processos ou comunicar o seu propósito e impacto na sociedade.

Na etapa de “converter”, a estratégia principal é conduzir os talentos para que façam parte de uma comunidade por meio de um cadastro que permitirá o envio a outros conteúdos com certa recorrência e personalização, de acordo com os interesses do profissional em questão.

Em “contratar”, a empresa deve se comunicar com os talentos pertencentes à sua comunidade, de maneira que os façam desejar trabalhar lá. À medida que este interesse é despertado, o objetivo é fazer com que eles se candidatem à uma vaga em aberto para que possa ser avaliado e possivelmente contratado.

E em “encantar”, é recomendado que a companhia mantenha este relacionamento com este, e que, agora passa a ser um colaborador. Neste caso, o intuito é que ele conheça as ações que estão acontecendo nos diferentes departamentos da empresa e estimular que os próprios talentos as compartilhem. Esta estratégia construirá uma cadeia que reverberará a marca empregadora por meio dos próprios colaboradores como promotores.

 

De que forma essa estratégia de conteúdo pode ajudar as empresas?

Quando uma empresa investe em Inbound Recruiting, na verdade, está investindo em uma estratégia de Marca Empregadora (ou), que é a imagem de uma empresa como lugar para se trabalhar. Em um cenário de disputa pelos melhores talentos do mercado, esta é uma maneira de se destacar, diferenciando de empresas que concorrem pelo mesmo perfil de profissional. Além disso, o desenvolvimento da Marca Empregadora de uma empresa reduz custos com recrutamento e seleção, rotatividade de colaboradores e treinamento/desenvolvimento.

 

De que forma esse método chegou ao conhecimento de algumas empresas?

O conceito de marca empregadora possui um grande potencial de aplicação nas empresas, entretanto, possui certa complexidade. O Inbound Recruiting é um playbook que facilita o entendimento e possibilita a prática deste conceito de maneira didática e democrática.

 

Quais são as empresas que já abraçaram o conceito?

As mais inovadoras já integram a estratégia como Grupo Movile, Ifood, Sympla, PlayKids e outras.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar