Investimento digital eleva em 50% a receita das empresas brasileiras

Estudo calcula ganhos das empresas com a adoção de tecnologias. País supera média global, que é de 37% de aumento nas receitas

 A CA Technologies, empresa norte-americana especialista em softwares para impulsionar a transformação digital de empresas, anunciou os resultados de um estudo global que mensurou os ganhos das corporações com a adoção de tecnologia. A pesquisa foi conduzida pela Coleman Parkes a pedido da CA e ouviu 1.770 executivos de TI em 21 países, incluindo 76 profissionais brasileiros.

O estudo apontou que os investimentos em transformação digital aumentaram em 37% a receita de empresas globais e em 50% a das brasileiras. Isso é reflexo do incremento da eficiência operacional nessas companhias: os processos de trabalho fluem melhor, os funcionários trabalham estimulados e há economia em custos.

“A transformação digital mudou de uma vez por todas o papel da tecnologia dentro das empresas. Se antes as companhias eram feitas para durar, hoje, são feitas para mudar. A experiência do usuário está no centro desse movimento”, afirma João Fábio Valentin, vice-presidente de DevOps da CA na América Latina.

Francisco Dal Fabbro, vice-presidente de Agile Management da CA na região, reforça que a transformação não é só digital, mas cultural. “A inovação tem de chegar a produtos, processos, serviços e operações, de forma ágil. A transformação digital determina quem vai vencer os concorrentes e quem vai ser ultrapassado. ” A pesquisa aponta que 88% das empresas entrevistadas já adotaram Agile em algum nível, porém somente 6% o utilizam em toda a organização.

Mas nenhuma estrutura de tecnologia é suficiente se não for segura – e a segurança hoje não é mais aquela das barreiras, mas sim a que dá acesso de maneira rápida às informações exatas, para as pessoas certas, tendo como base a identidade do usuário e dispositivos, que acabam sendo os únicos pontos de controle confiáveis. A pesquisa da CA mostra que empresas que adotam segurança centrada em identidades, de forma transparente, têm clientes mais satisfeitos e fiéis, além de colaboradores mais produtivos.

“A visão moderna da segurança corporativa é de uma camada transparente que abrange todo o processo de criação e operação de um sistema ou aplicativo de forma automática e sem gerar dificuldades. Ela é construída para se auto conectar e, assim, proteger o que deve ser protegido. Com a diversidade de ambientes, dispositivos e tipos de dados crescendo cada vez mais, assegurar a confidencialidade e o acesso às informações é vital”, diz Denyson Machado, diretor sênior de Segurança da CA na América Latina.

Segundo o estudo, 82% dos entrevistados concordam que uma solução de segurança centrada em identidade é crítica para o negócio, porém apenas 25% já usam esse approach. Por outro lado, 75% admitem que seus ambientes são protegidos por sistemas de segurança básicos ou muito limitados. 

 

VEJA OS DESTAQUES DO ESTUDO DA CA:

A Transformação digital:

  • Aumentou em 37% Global / 50% Brasil as receitas das empresas;
  • Aumentou a eficiência operacional em 38% Global / 52% Brasil;
  • Proporcionou 40% Global / 58% Brasil clientes mais satisfeitos; E 38% Global / 50% Brasil de clientes mais fiéis;
  • Tornou possível ter 38% Global/ 52% Brasil funcionários mais produtivos;
  • Reduziu em 37% Global / 48% Brasil os custos com TI;
  • 39% Global / 52% Brasil mais qualidade no desenvolvimento de apps;

 

Agile

  • Usuários avançados de Agile agem 40% Global/ 28% Brasil mais rápido diante de oportunidades
  • A pesquisa aponta que 88% das empresas entrevistadas já adotaram Agile em algum nível, porém somente 6% o utilizam em toda a organização

 

Devops

  • Usuários avançados de Devops agem 42% Global/ 36% Brasil mais rápido diante de oportunidades;

 

Segurança

  • Empresas que usam segurança centrada em identidade têm:
    • Negócios que crescem 69% Global ;
    • Empregados 67% Global / 65% Brasil mais produtivos;
    • Clientes 69% Global / 78% Brasil mais satisfeitos;
  • 82% dos entrevistados concordam que uma solução de segurança centrada em identidade é crítica para o negócio, porém apenas 25% já usam esse approach
  • 75% admitem que seus ambientes são protegidos por sistemas de segurança básicos ou muito limitados

 

Dados gerais

  • 71% Global / 78% Brasil das empresas aumentou alcance digital;
  • 69% Global / 83% Brasil das companhias melhorou experiência do cliente;
  • 66% Global/ 78% Brasil das empresas aumentou retenção do cliente;
  • Para 82% Global / 88% Brasil segurança tem de ser centrada em identidade, mas só 25% Global / 23% Brasil são avançados nessa modalidade.

 

A pesquisa completa está disponível neste link:

https://www.ca.com/us/rewrite/articles/agile/accelerating-velocity-and-customer-value-with-agile-and-devops.register.html