Gestão

Liderança feminina reflete cultura de igualdade e inclusão nas empresas

Vivendo um equilíbrio nos postos de chefia, mulheres representam 50% dos cargos de gestão na Tópico

Daniela Silva, head de jurídico e compliance da Tópico

De acordo com os últimos dados de pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a participação feminina na liderança caiu em 2019 no Brasil, chegando a 37,1%, contra 39,1% do estudo anterior. A Tópico, líder nacional em fabricação e aluguel de galpões flexíveis de lona e aço destinados à armazenagem e coberturas, alcançou a igualdade nos cargos de gestão da companhia, sendo 50% dos cargos mais altos ocupados por mulheres.

Presente nas mais diversas áreas, a liderança feminina também tem espaço em setores como operações, logística e campo. Atualmente, a empresa conta com oito coordenadoras, cinco gerentes e duas heads.

Alcançar a igualdade de gênero nos cargos de liderança está diretamente ligado à cultura da empresa, que incentiva o empoderamento da mulher. “As mulheres estão se preparando melhor para o mercado, perdendo alguns medos e seguindo em frente. A motivação para o crescimento feminino é parte do DNA da empresa, que acaba de criar um comitê para empoderar as mulheres da Tópico e das comunidades do nosso entorno, através de informações e trocas de experiências que fortaleçam o melhor de cada mulher”, explica a head de RH da empresa, Elaine Costa.

Head do departamento jurídico, Daniela Silva passou a fazer parte da liderança feminina na Tópico depois de se destacar nos postos em que ocupava e receber novas promoções. Para ela, as mulheres nos cargos de gestão trazem outros pontos de vista e são devidamente ouvidas na empresa. “Mulheres e homens pensam de forma diferente na hora de tomar decisões, e isso também é complementar. Aqui, não ocupamos posições figurativas e temos nossas decisões acatadas”.

A igualdade de gêneros na Tópico também faz parte das políticas da empresa para atender as agendas ambiental, social e de governança (Environmental, Social and Corporate Governance – ESG). Além do recém criado Comitê de Mulheres, a companhia possui também um Comitê de Sustentabilidade, formado por colaboradores de diferentes áreas, para atuar na estruturação, organização, gerenciamento e promoção de ações voltadas ao desenvolvimento sustentável de todos que se relacionam com a companhia.

A Tópico ingressou na Rede Brasil do Pacto Global, iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) para mobilizar a comunidade empresarial na adoção e promoção, em suas práticas de negócios, de Dez Princípios universalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo