Empreendedorismo

Mercado Livre e Ashoka promovem desenvolvimento de empreendedores sociais

Três empreendedores sociais receberão apoio do Mercado Livre e passam a integrar a Rede de Empreendedores Sociais da Ashoka

Mercado Livre e Ashoka promovem desenvolvimento de empreendedores sociais

O Mercado Livre e a organização internacional Ashoka desenvolveram uma aliança para selecionar e apoiar empreendedores sociais com foco no desenvolvimento de novas tecnologias, inclusão social e apoio ao ecossistema empreendedor. Os três empreendedores selecionados em 2018 se juntarão a uma rede de 3.300 associados no mundo e terão o apoio de ambas as organizações para expansão em suas regiões, multiplicando o impacto. Os selecionados são:

 

  • Adriana Barbosa, do Brasil, é idealizadora da Feira Preta, instituto que há 16 anos fortalece e valoriza a cultura negra no Brasil, com ações como o evento Feira Preta, que reúne criadores negros de diferentes setores (arte, moda cosméticos, gastronomia, audiovisual, comunicação, entre outros), entre outras iniciativas que promovem o  empreendedorismo afro no Brasil.

 

  • Melina Masnatta, da Argentina, é co-fundadora do Chicas en Tecnología (CET), uma organização que busca aumentar a presença de mulheres na tecnologia, incentivando, motivando, formando e acompanhando uma nova geração de mulheres inovadoras e empreendedoras.

 

  • Víctor Moctezuma, do México, que através do iLab ajuda os mexicanos economicamente vulneráveis, oferecendo uma oportunidade de trabalho e capacitação. Durante o programa, que dura quatro meses, os participantes contam com orientações para desenvolverem soluções de inovação que tenham um valor social e econômico.

 

“A inovação e o espírito empreendedor fazem parte do DNA da Ashoka e do Mercado Livre. Em uma região desafiadora e em constante evolução, como a América Latina, é essencial que os atores privados, públicos e da sociedade civil se articulem para promover e acompanhar os empreendedores que trabalham para resolver problemas sociais e ambientais da região”, diz Pedro Arnt, CFO do Mercado Livre.

A Ashoka procura melhorar e escalar o impacto positivo de seus empreendedores sociais, e participar da rede garante benefícios como: Reconhecimento internacional, possibilidade de apoio financeiro durante os primeiros três anos de adesão, acesso ao aconselhamento e treinamento de especialistas, visibilidade do projeto e a causa social que o permeia, intercâmbio com os principais empreendedores sociais do mundo e contatos com líderes dos setores público e privado.

“Para gerar transformações sociais de alto impacto, a empresa é um ator essencial. E quando a inovação social trazida pelos empreendedores sociais se une à magnitude e aos recursos da empresa, geramos uma série de soluções que podem resolver os problemas sociais mais urgentes. O apoio e acompanhamento do Mercado Livre ao trabalho de inovação social é algo extremamente poderoso”, afirma Daniela Kreimer, diretora executiva da Ashoka para Argentina, Uruguai e Paraguai.

A Ashoka seleciona para sua rede os empreendedores que lideram um projeto inovador e que pode ser escalável. Busca pessoas que colocam o benefício de pessoas vulneráveis como prioridade, que são criativas na solução de problemas e que possuem uma carreira empreendedora. Seis em cada dez membros da Rede de Empreendedores Sociais Ashoka têm gerado uma mudança nas leis ou políticas públicas em nível nacional, em apenas cinco anos de inclusão nesta rede. E após 10 anos, 83% alcançaram uma mudança significativa no sistema do qual faz parte.

“A seleção da Adriana Barbosa para representar o Brasil e receber o apoio da Ashoka, junto com o Mercado Livre, reforça o nosso compromisso em impulsionar esse ecossistema, apoiando empreendedores de triplo impacto e fomentando a base da pirâmide”, afirma Laura Motta, Supervisora de Sustentabilidade do Mercado Livre.

A Companhia, que mensalmente gera renda efetiva para 580 mil pessoas que vendem através da sua plataforma, tem investindo em iniciativas de capacitação para empreendedores, e apostado em parcerias com atores relevantes para a agenda de empreendedorismo (Ashoka, Sistema B, SEBRAE, entre outras). Como marco inicial do apoio aos empreendedores sociais, Mercado Livre e Ashoka promoveram duas atividades sobre empreendedorismo e impacto Social no Evento Sustainable Brands Buenos Aires, realizado esta semana na capital argentina.

 

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios