Treinamento

Mix de curso regular + imersões garante produtividade no aprendizado de Business English

Com bom planejamento, executivo com nível médio de proficiência (maioria) pode atingir fluência em um ano de estudos

 

 

A maioria dos profissionais e executivos que busca atingir a fluência em Business English chega às consultorias e escolas com nível médio de proficiência, ou seja, entre 550 e 780 pontos no TOEIC® – Test of English for International Communications. Para atingir um patamar entre 945 e 990 pontos, número que certifica a capacitação nesse idioma para uso no trabalho, são necessárias 360 horas de estudo. Isso porque o aluno que sai do zero necessita de 720 horas.

A questão que se coloca, de início, é: quais as modalidades de ensino mais adequadas para se atingir a proficiência? Tudo vai depender da disponibilidade de tempo e nível de urgência do interessado, levando-se em conta, logicamente, as necessidades da empresa e as determinações do setor de RH, geralmente encarregado de prover cursos de idiomas para seus funcionários.

Os cursos regulares clássicos, de 2 ou 4 vezes por semana, são indicados para aqueles que podem se dar ao luxo de atingir o nível de conhecimento em até 3 anos, a partir de um conhecimento médio. Já imersões são recomendadas para quem precisa acelerar o processo de aprendizado.

A solução mais indicada, de acordo com nossa expertise, é o mix entre curso regular e imersão. Com essa opção, um aluno típico do ambiente corporativo brasileiro poderá atingir o patamar de fluência desejado em 12 meses, dependendo da carga horária. Até mesmo para sentir-se seguro numa apresentação de negócios, situação muito frequente.

Mix

Esse mix, além de proporcionar maior produtividade no aprendizado, também é a escolha mais econômica, levando-se em conta o investimento a ser realizado na capacitação. Isso porque, além da melhor sedimentação do conhecimento, as aulas de imersão aceleram o progresso no idioma e são ministradas em horários menos requisitados, tornando-se mais econômicas.

O formato de imersão mais indicado é Five Days or More, que engloba 40 horas de estudo geralmente em uma ou duas semanas. Esses cursos intensivos são ministrados nas dependências da UP Language, onde o ambiente de treinamento é mais preservado. Cada imersão, dependendo do envolvimento do aluno, pode representar até meio semestre de curso regular.

Já a opção exclusiva por cursos regulares oferece algumas desvantagens. Devido à lentidão do aprendizado, muitos acabam desistindo, até por conta de mudanças de realidade em seu ambiente de trabalho. Se o aluno estiver num nível muito elementar, pode levar até 6 anos de estudo para atingir as 720 horas necessárias. O que pode mudar em seis anos num indivíduo, empresa ou no País nesse período?

Tudo muda, menos as 720 horas de estudo para se atingir a proficiência. Algumas iniciativas, entretanto, podem abreviar o aprendizado de inglês. Como o autoestudo, por exemplo. Sabemos, entretanto, que profissionais especializados e executivos não dispões de muito tempo para tanto. A idade também pode ser fator inibidor. Quanto mais anoso, menor o interesse nesse estudo fora das aulas.

Especialização

Uma questão muito levantada pelos profissionais interessados em aprimorar seus conhecimentos no inglês diz respeito às terminologias, jargões, e vocabulários pertinentes às diversas áreas. A partir do momento em que o perfil do aluno é traçado pela consultoria, o professor deve levantar seu universo linguístico. Com base nessa informação, o curso regular e as imersões são customizadas visando o melhor aproveitamento.

A comprovação da efetividade se dará pela aplicação do TOEIC a cada 120 horas de aulas. Essa certificação comprovará ao aluno e ao RH a eficiência do serviço de ensino prestado. Esse é o teste utilizado pelas grandes consultorias, como Deloitte, KPMG e outras, consideradas parâmetros de excelência.

Conhecimento de inglês, a língua universal dos negócios e da ciência, alavanca a carreira e adiciona uma dimensão mais ampla à própria vida. Acredite.

Cheer up!

Lucio Sardinha 111___

Lúcio Sardinha é CEO da UP Language Consultants, Country Master Distributor do teste TOEFL Junior® no Brasil e aplicadora de testes de proficiência em inglês como o TOEIC. Com 25 anos de atuação como consultor e palestrante em política de idiomas, é formado em engenharia de produção e especialista em treinamento corporativo. A UP Language oferece ainda cursos de idiomas em suas unidades, in company e organiza o programa de imersão English Village. Realiza, ainda, auditorias em idiomas nas empresas, contando em sua carteira de clientes corporativos com nomes como Honda, Toyota, Interfarma, AON e HDI.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios