Soluções para RH
Tendência

Parceria resulta em opção de análise comportamental para ser ferramenta de seleção para recrutadores

Plataforma de recrutamento digital, passa a incluir em seus serviços a tecnologia completa de RH com People Analytics

O mercado vive hoje um momento de transformação digital e, com isso, as empresas estão exigindo não apenas competências técnicas, mas também candidatos que tenham soft skills desenvolvidas, como pensamento crítico, criatividade, entre outras. Mas, como identificar essas habilidades durante o processo de recrutamento? Pensando nisso, a Revelo, plataforma de recrutamento digital, passa a incluir em seus serviços a tecnologia da Sólides, plataforma completa de RH com People Analytics para recrutamento de pessoas e gestão comportamental, para oferecer uma ferramenta mais assertiva de seleção que combina a análise técnica do perfil, baseada nas competências e base acadêmica, e comportamental, que inclui competências que não são aprendidas em sala de aula, como a inteligência emocional. Tudo isso para aumentar a precisão na escolha do profissional com o fit necessário para a oportunidade.

Para Tercio Cassiano, Gerente de Produto da Revelo, a parceria é um marco para transformar o recrutador em um super RH. “A ideia é que os responsáveis pela seleção de candidatos possam contar com recursos que tragam mais segurança para as decisões. Queremos dar a oportunidade para que as empresas possam escolher não apenas por competências técnicas, mas também pessoas que tenham fit cultural com o negócio”, avalia.

Por meio da parceria com a Sólides, a plataforma da Revelo, que já utiliza inteligência artificial para inverter o esquema de recrutamento em carreiras digitais e criar um verdadeiro marketplace de talentos, passará a oferecer também mapeamentos comportamentais que poderão ser enviados pelas empresas aos candidatos. “A parceria é fundamental para complementarmos nossos serviços e oferecermos opções de análise para os recrutadores, que cada vez mais estão de olho nas soft skills e em profissionais que tenham sinergia com os valores e propósitos das empresas. Tudo isso acaba se refletindo nos índices de retenção de talentos, ou seja, na redução de turnover”, pontua Tercio.

Segundo Mônica Hauck, CEO da Sólides, em um mercado que apresenta 41,8% de rotatividade de colaboradores, com base no levantamento feito pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), é de extrema importância que as empresas incluam recursos para reter talentos e diminuir esse índice de turnover. “Temos muita sinergia com a Revelo, pois compartilhamos do mesmo propósito de ajudar as empresas a recrutar os melhores talentos. Com o profiler, nosso mapeamento comportamental, conseguimos reduzir em até 50% a rotatividade”, afirma Mônica.

Confira também:

PodCast: A Ciência da Felicidade

10 lições dos pensadores de gestão que estiveram no Brasil em 2019

Diversidade nas empresas é sinônimo de ganhos para os negócios


Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar