Artigo

Pare de buscar a perfeição e aprovação dos outros

As pessoas se cobram demais, não se permitem relaxar e querem ser as melhores em tudo

Muitos dos meus clientes de coaching começam as sessões com temas similares, como infelicidade no trabalho, mudança de carreira, frustração, cansaço e desanimo.

À medida que vamos caminhando nas sessões, o verdadeiro motivo começa a aparecer. O fato é que as pessoas se cobram demais, não se permitem relaxar e querem ser as melhores em tudo. Precisamos começar a entender que a perfeição nunca será alcançada e que nós, como seres humanos, sempre vamos achar que podemos fazer sempre mais.

A mudança de emprego talvez não seja a solução, uma vez que o profissional leva o problema com ele. Se isso não for trabalhado, será só uma questão de tempo para que ele se sinta novamente insatisfeito, frustrado e cansado.

Não podemos esperar uma doença, a perda de um amor ou até mesmo a perda do próprio emprego para mudar. Nestes casos, um novo paradigma precisa ser “implementado”, deixando espaço só para as coisas que agregam na vida e na carreira. A postura precisa ser corrigida e não levada a diante.

O primeiro passo para a mudança, é avaliar o que não nos serve mais e o que deve ser deixado para trás. Vale até mesmo um pequeno exercício de escrever no papel o que não nos pertence nesta fase e depois destruí-lo. É uma forma simbólica para um bom começo de transformações e mudanças comportamentais na nova jornada.

Seguem outras dicas importantes:

  • Foque no que é bom – não foque no que você está fazendo “errado” ou não fazendo, preste atenção no que está acertando e no que deixa sua vida mais feliz.
  • Troque a vergonha pela gratidão – faça uma pequena avaliação 360º e perceberá que você é muito mais duro com você do que os outros são. Perceba que todos nós temos defeitos e seja grato pelo que tem.
  • Elimine os rótulos de sua vida – resista a qualquer pensamento que te defina como incompetente, preguiçoso, ou qualquer outro rótulo negativo. Se permita somente a ser bom para você e para os outros à sua volta.
  • Faça um break – tire férias de sua rotina, desligue o celular, não olhe os e-mails e fique confortável e em ser apenas você.

E, acima de tudo, se permita mais, respire mais, seja mais leve e viva mais. Aproveite os momentos no trabalho, mas não negligencie você, sua família, seus amigos e suas crenças!

 

Leylah Macluf é diretora da Consultoria BBold, focada em coaching e consultoria em Desenvolvimento Organizacional, mentora do INSPER para alunos de graduação e responsável pelo programa de coaching de executivos da ESPM. www.bbold.com.br

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar