Tecnologia

Proteção de dados: estratégias fundamentais para o sucesso dos negócios

Uma mudança tecnológica e cultural para aprimorar o uso que uma organização faz dos dados por meio de colaboração e automação mais adequadas

A Pesquisa Global de Gestão de Dados, realizada pela Serasa Experian, apontou as principais vantagens competitivas de uma empresa guiada por dados. Foram 1.100 entrevistados de seis países, entre eles, Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França, Brasil e Austrália. Os dados indicam que, após as empresas obterem insights baseados em dados qualificados, 64% passaram a entregar uma melhor experiência aos clientes; 49% tiveram mais oportunidades de inovar; e 44% tomaram decisões mais embasadas.

Obter dados precisos e confiáveis é extremamente importante para que a empresa possa atingir seus objetivos de negócios. E para adquirir essas informações relevantes, é fundamental permitir que os funcionários acessem e compartilhem dados com segurança; fazendo uso de ferramentas de colaboração para compartilhar dados, dentro de uma infraestrutura adequada para suportar este intenso fluxo de comunicação.

A infraestrutura híbrida é capaz de atender estes requisitos, já que oferece a possibilidade de programar as cargas de trabalho, e faz com que a empresa ganhe escalabilidade com a nuvem pública, e segurança para os dados mais estratégicos com a nuvem privada. Neste modelo, o gerenciamento de dados deve ser feito com muito cuidado, já que a formação do banco de dados vai depender das informações que precisam estar seguras e conectadas, mesmo que se originem de diferentes plataformas.

É importante complementar a segurança de perímetro e rede com um modelo que foque nas cargas de trabalho. Além disso, é fundamental que este gerenciamento seja realizado através de ferramentas de automação que auxiliem as varreduras de segurança. O final de todo esse processo precisa estar em conformidade com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais), cuja finalidade é proteger o uso e direito do cidadão aos seus dados.

As operações de dados não são um produto, um serviço ou uma solução. Elas são uma metodologia: uma mudança tecnológica e cultural para aprimorar o uso que uma organização faz dos dados por meio de colaboração e automação mais adequadas. Isso significa mais confiabilidade e proteção de dados, redução dos ciclos de entrega de informações e maior economia no gerenciamento de dados.

Proteção de dados, infraestrutura híbrida e colaboração são a chave. Na tecnologia disruptiva não há mais espaço para o fazer ou ser sozinho, já que tudo é construído em conjunto, a fim de aumentar a produtividade, enxugar gastos, e disponibilizar serviços cada vez mais inovadores. Portanto, contar com profissionais colaborativos e cada vez mais conectados aos princípios dos negócios, fará com que a empresa se destaque em meio a um cenário extremamente competitivo.

Claudio Tancredi é Country Manager da Hitachi Vantara Brasil

Leia também:

5 pilares para uma liderança bem-sucedida – Liderar envolve atrair e engajar colaboradores em torno de projetos e objetivos comuns, atuando de forma positiva no desenvolvimento profissional de cada um deles. Leia mais: http://bit.ly/3nDNwNe
 
Como vamos aprender em 2021: seis tendências em educação digital -Setor de EdTechs foi impulsionado pela pandemia e novas tecnologias e metodologias educacionais, como microlearning e gamificação, devem ganhar destaque, especialmente na educação corporativa. Confira a matéria: http://bit.ly/3i9WII7
 
RH: A democratização da automação nas empresas e da força de trabalho – As empresas buscam hoje trabalhar sob a democratização horizontal da tecnologia, em um novo ambiente de trabalho com menos caixas de atribuição, por área e setor, e mais gente preparada para colaborar, inclusive remotamente. Saiba mais: http://bit.ly/39mMAI9
Saúde mental na gestão de pessoas: comece pelo simples! É nossa responsabilidade aprender a lidar com isso e promover bem-estar no trabalho. Acompanhe a matéria: http://bit.ly/39qQgZu
 
5 previsões de tecnologia corporativa após um ano imprevisível Aqui estão algumas observações de 2020 e cinco previsões de tecnologia corporativa para 2021. Saiba mais: http://bit.ly/3q9AtVF

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo