Mundo RH

Qual a diferença entre ser chefe e ser líder?

As características e personalidades dos dois também são diferentes

Grandes, pequenas e médias empresas: o que todas elas têm em comum? Líderes e chefes! Mas qual a diferença entre eles? Sabe-se que para um ambiente de trabalho saudável, a colaboração de toda a equipe é fundamental. Para que as pessoas vistam a camisa da empresa, elas precisam sentir e entender o propósito e a importância delas dentro da companhia.

A forma como os colaboradores são gerenciados por seus líderes e/ou chefes é fundamental para que isso aconteça. “A capacidade real de liderança não tem nada a ver com suas posses ou o seu carisma, mas sim com a forma como ele é enquanto pessoa. Eu achava que liderança era estilo, mas agora sei que liderança é essência, ou seja, caráter” – essa frase do livro “O Monge E O Executivo”, enfatiza uma das principais virtudes de um líder.

As características e personalidades dos dois também são diferentes. Enquanto um líder se destaca pela humildade sem perder a autoridade, o chefe usa o poder que possui como força para intimidar. Mas como reconhecer cada um e como criar hábitos para se tornar um líder?

Líder – Influência

As características de um bom líder estão ligadas ao caráter ético da personalidade, como saber ouvir e dar feedbacks, não deixar de investir nas habilidades dos liderados e compartilhar as conquistas. Este comportamento desencadeia a confiança que seus liderados passam a ter em você e, consequentemente, a influência que você exerce nas pessoas, isso é o que as faz vestirem a camisa da empresa com orgulho em fazer parte de algo maior, em busca do crescimento da empresa, profissional e pessoal de todos do grupo.

Chefe – Força

As características de um chefe estão ligadas a fazer uso da força, do lugar de comando, para conseguir o que quer, sem ser questionado. Normalmente, os chefes ainda só se preocupam com a entrega dos resultados. Não se preocupam com o crescimento pessoal da equipe, mas apenas de si mesmo. Se você é assim, mude esse perfil e fique atento ao que acontece na empresa, não achando que só você tem razão. Aprenda a ouvir seus liderados, seus pares, líderes e aja em equipe.

A liderança não é uma profissão, mas sim a construção de habilidades desenvolvidas ao longo das experiências profissionais e, principalmente, pessoais, pois um bom líder sabe se posicionar em todas as ocasiões, sejam elas positivas ou negativas. E lembre-se de que o líder está sempre em busca do autoconhecimento, aprendendo diariamente e evoluindo diante de cada dificuldade.

Por Uranio Bonoldi, professor em cursos de MBA na Fundação Dom Cabral

Leia outras matérias:

Como os gestores de pessoas devem estar preparados para ajudar seus colaboradores construírem um propósito em suas carreiras. Ouça agora: http://bit.ly/2Ii8bV3

O home office não precisa estar expresso no contrato de trabalho, podendo ser previsto apenas em políticas corporativas, por exemplo. Saiba mais: http://bit.ly/2VwNNat

Com a entrada em vigor da LGPD, o conceito de gestão de documentos está mais uma vez evoluindo. Leia o artigo: http://bit.ly/2I78xh3


Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar