Tecnologia

Qual será o futuro do mobile messaging?

A integração da multiplicidade de canais traz uma experiência rica aos consumidores, permitindo que conduzam sua jornada da maneira que preferirem e, no meio que mais sentirem afinidade

Os celulares já se tornaram uma extensão dos nossos corpos. Criados com limitadas opções de uso e foco na comunicação por ligações, eles se modernizaram e se tornaram dispositivos altamente completos, possibilitando uma comunicação veloz e eficaz com qualquer pessoa ao redor do mundo. Nesse contexto, o mobile messaging, que é a comunicação por mensagem, também sofreu inúmeras transformações ao longo do tempo – e tem grandes novidades já sinalizadas para o futuro.

As mudanças na mensageria pelos celulares foram tamanhas e, incrivelmente, em um curto espaço de tempo. No início, o SMS era o meio predominantemente utilizado, tanto para mensagens diretas entre as pessoas quanto com as organizações. Mesmo tendo perdido força quando comparado com outros canais, sua importância e benefícios para o marketing ainda é enorme.

Em muitas organizações, esse sistema de mensageria curta ainda é muito popular, uma vez que possibilita um envio rápido, instantâneo e a criação de um relacionamento mais próximo com o cliente. Sua taxa de abertura atinge a incrível marca de 98%, segundo um estudo feito pelo SlickText. Com os avanços tecnológicos, contudo, novas ferramentas e plataformas foram criadas, chamando a atenção das empresas por suas inovações no ramo e, especialmente, pela possibilidade de conquistar uma comunicação ainda mais massiva com seu público-alvo.

As redes sociais foram, de longe, o grande destaque. Em uma aposta singela nas primeiras versões de grandes exemplos como o Orkut e Facebook, seus sucessos foram tamanhos que, abriram espaço para o desenvolvimento de muitos outros canais que hoje, dominaram o mundo corporativo. O WhatsApp, Slack, RCS e Google Business Messages são alguns dos meios mais notáveis atualmente. São poucas as companhias – especialmente as de grande porte – que não possuem uma conta em, pelo menos, uma dessas plataformas.

Não à toa, o número de aplicativos de mensageria baixados vem aumentando nos últimos anos. Apenas em 2020, o eMarketer registrou mais de 2.77 bilhões de usuários nesses canais, crescimento diretamente impactado pela pandemia. Ao modificar a maneira na qual as companhias falam com seus consumidores, o mobile messaging possibilita um remodelamento da jornada de compra. Mais do que nunca, o comércio notou o poder desses canais e, ainda, sua praticidade e maior eficiência de uso nos aparelhos celulares para o sucesso do seu negócio.

É notável o enorme tempo que gastamos em frente à tais telas – maior até mesmo do que na televisão e, em alguns casos, dos próprios computadores. Apenas o WhatsApp contém mais de dois bilhões de usuários, com 91% que o utilizam prioritariamente para a troca de mensagens. Além disso, quatro em dez pessoas passaram a usá-lo com maior frequência no isolamento social, segundo um estudo do Opinion Box.

Quando ainda aliados à estratégia omnichannel, os benefícios para o destaque do seu negócio são certeiros. A integração da multiplicidade de canais traz uma experiência rica aos consumidores, permitindo que conduzam sua jornada da maneira que preferirem e, no meio que mais sentirem afinidade.

O ano de 2020 foi o grande divisor de águas para o mobile messaging, ressurgindo antigos hábitos e impulsionando o surgimento de outros para manter o relacionamento à distância. Diante do crescimento e popularização de tantos canais, é normal que as companhias se questionem qual o melhor para o seu negócio.

Não há uma única resposta, uma vez que as preferências e necessidades de seu público-alvo irão determinar onde seus recursos deverão ser investidos. Seja pelo SMS, RCS, WhatsApp ou qualquer outro meio, o mobile messaging abre inúmeras portas para uma comunicação próxima e assertiva. Escolha os meios que façam sentido para o seu negócio e invista em integrá-los de forma que os clientes possam escolher os que preferem.

Por Carlos Secron – fundador da Pontaltech, empresa especializada em soluções integradas de voz, SMS, e-mail, chatbots e RCS.

Botão Voltar ao topo