Empreendedorismo

Quem são as mulheres à frente de empresas que estão inovando no mercado

De RH à Saúde, Mariana, Deborah, Isis, Nicole e Claudine estão revolucionando mercados distintos ao oferecerem serviços diferenciados para públicos B2B e B2C

De uma raiz trabalhista, quando mulheres protestavam pela reivindicação de seus direitos, o Dia Internacional da Mulher é, hoje, lembrado como um pedido de igualdade de gênero. Comemorado no dia 8 de março, a data exalta a mobilização para a conquista dos direitos femininos e abre espaço para a discussão sobre as discriminações ainda sofridas pelas mulheres.

Com o avanço da presença feminina, tanto em ambientes predominantemente masculinos quanto em cargos onde a liderança conduzida por homens sempre prevaleceu, as mulheres têm se destacado cada vez mais em segmentos de mercado diferentes. Algumas, aproveitaram de gargalos em setores distintos da economia para fundarem startups que oferecem novas soluções tecnológicas ao mercado. Abaixo, conheça cinco empreendedoras que estão à frente de empresas que estão inovando no mercado:

MARIANA DIAS

Fundou a Gupy, startup líder em recrutamento e seleção com base em inteligência artificial no Brasil

Junto a três amigos, em 2015, Mariana Dias fundou a HRTech Gupy, que, através de inteligência artificial, torna mais eficiente o recrutamento e melhora a experiência de candidatos, gestores e profissionais da área de RH durante processos seletivos.

Com atuação em oito países, a plataforma da Gupy disponibiliza uma triagem de currículos que reduz 70% do tempo de esforço operacional. Por meio de inteligência artificial e machine learning, a HRtech consegue elencar em um ranking os candidatos com melhor perfil para suas vagas.

DEBORAH ALVES

Fundou a Cuidas, uma startup que conecta empresas a médicos de família no local de trabalho

Única mulher entre os três fundadores, Deborah Alves é, hoje, CTO e cofundadora da Cuidas, startup que tem a finalidade de conectar empresas com médicos de família para atendimentos no próprio local de trabalho. Oferecendo planos mensais, a plataforma oferece maior otimização de tempo e custos mais baixos para as empresas clientes. Em média, são resolvidos 98% dos casos pelos médicos conveniados à plataforma.

ISIS ABBUD

Fundou a Arquivei, startup de Gestão de Documentos Fiscais

Engenheira de Produção por formação, Isis Abbud é a única mulher sócia da Arquivei, uma plataforma de armazenamento, organização e consulta de informações de notas fiscais. Como co-fundadora e CCO/Diretora Comercial da Arquivei, a executiva vem ajudando 60.000 empresas a alcançarem controle, organização e tranquilidade fiscal. A solução tem como propósito revolucionar a forma com que as empresas lidam com as notas fiscais, transformando toda burocracia que envolve esses documentos e obrigações com o governo em oportunidade.

NICOLE STAD

Fundou a Inti, plataforma de gestão e Business Inteligence (BI) de vendas e compras de ingressos, season tickets, doações e inscrições para eventos

Empreendedora formada em Administração e Propaganda e Marketing, Nicolle Stad tem passagem como gestora em grandes empresas do mercado brasileiro. Em 2015, decidiu fundar a sua própria startup, a INTI, com o objetivo de levar mais inovações e facilidades às plataformas de captação de doações e vendas de ingressos online.

A plataforma oferece serviços de BI e Customer Relationship Management (CRM) para empresas, museus e instituições culturais e filantrópicas, adotando como filosofias de negócio a transparência e a eliminação de intermediários no processo de vendas e assinaturas.

CLAUDINE BLANCO

Fundou a Viajar com Crianças, primeira agência de turismo especializada em viagens entre pais e filhos

Após mais de 10 anos atuando no mercado de turismo, como sócia do ex-marido em uma conceituada agência de viagens brasileira, a empresária e mãe de dois filhos, Claudine Blanco, teve que começar tudo do zero após o divórcio. Em 2015, fundou a Viajar com Crianças, primeira agência de turismo especializada em viagens entre pais e filhos, que desenvolve roteiros para locais considerados “alternativos” para crianças, incluindo destinos como Peru, Deserto do Atacama, Galápagos, Patagônia, entre outros.

 


Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios