Entrevista

RH e a nova tendência para recrutamento e seleção

Jacob Rosenbloom, CEO da Emprego Ligado, destaca as vantagens do uso de aplicativos para a busca de emprego

Mundo RH – Quais foram as principais mudanças ocorridas em recrutamento e seleção nestes últimos anos frente às novas tecnologias?

 Jacob Rosenbloom – A principal mudança que tivemos nos últimos anos foi a adoção dos aplicativos de celular para busca de emprego. Desde meados da década de 2.000 os sites de recrutamento se consolidaram e agora passam a dividir espaço com os aplicativos mobile.

Mundo RH – De que forma as ferramentas digitais impactam nos processos de recrutamento e seleção?

Jacob Rosenbloom – Hoje o contato com o candidato é muito mais rápido e dinâmico. Com a massificação dos smartphones, o recrutamento ficou muito mais ágil. O candidato pode aplicar para uma vaga enquanto está fora de casa e agilizar o contato com a empresa.

app-1013616_640

Mundo RH – Para o RH, quais as vantagens de se fazer o uso destas tecnologias digitais de recrutamento e seleção?

 Jacob Rosenbloom – A empresa consegue uma comunicação muito mais eficiente e direta com os postulantes às vagas. O uso do mobile é tendência no mundo e aos poucos vai se tornando dominante no Brasil e na área de recrutamento.

Mundo RH – Como você avalia a resistência de algumas empresas em aderir à nova era digital do recrutamento e seleção?

Jacob Rosenbloom – Não acredito que haja uma resistência, apenas um período maior de tempo para se adequar as novas tecnologias. Algumas tecnologias são adotadas quase que imediatamente, enquanto outras levam mais tempo.

Mundo RH – Em se tratando de geolocalização, como você avalia o crescimento desta consciência por parte das empresas brasileiras?

Jacob Rosenbloom – Creio que as empresas brasileiras estão adotando com maior frequência a geolocalização na realização dos seus processos seletivos. Elas compreenderam que ao contratar um funcionário que reside próximo ao trabalho, esse faltará menos, se atrasará menos e terá uma maior produtividade. Todos esses fatores influenciam a taxa de rotatividade que, por fim, acaba diminuindo. É um processo onde a empresa só tem ganhos.

Mundo RH – Quais os benefícios a adoção da geolocalização oferece tanto às empresas como aos seus funcionários?

Jacob Rosenbloom  – As empresas ganham ao terem funcionários que se atrasam menos e faltam menos no trabalho, o que acaba aumentando a produtividade geral. Quando o funcionário não perde horas por dia no transito ele chega mais disposto no trabalho e aumenta sua produtividade. Ao mesmo tempo ela reduz o gasto com vale transporte e tem ganhos claros de produtividade e diminuição de rotatividade. O funcionário, por sua vez, ganha ao perder menos tempo no transito, o que impacta muito positivamente na sua qualidade de vida. Ao ter mais tempo livre, ele pode investir em qualificação profissional ou ter mais tempo para ficar com a família entre outras atividades.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios