SAP Brasil recebe certificação global de equidade de gênero

EDGE Move reconhece práticas organizacionais em todo o mundo que visam diminuir a desigualdade no mercado corporativo

Firme no propósito de promover a diversidade e a inclusão no ambiente de trabalho, a SAP Brasil acaba de receber a certificação EDGE por práticas que estimulam a igualdade de gênero. A companhia recebeu a certificação pelo segundo ano consecutivo e agora ocupa o nível Move, que reconhece as empresas que já implementaram políticas e obtiveram resultados importantes neste quesito. A SAP é única empresa brasileira com o selo EDGE Move.

O EDGE é uma certificação independente, global e dividida em três níveis (Assess, Move e Lead), utilizada como uma ferramenta impactante para diminuir o gap entre gêneros no mercado corporativo. Ela se baseia em três principais características:

– Evidências objetivas e mensuráveis do status atual da organização.

– Estabelecer um padrão global de excelência.

– Instrumento sustentável para promover mudança, baseado em transparência, accountability e processos recorrentes.

“O nosso propósito é garantir que os colaboradores, processos e tecnologias permitam um ambiente sem preconceitos. A Certificação Edge Move vem para coroar nossos esforços para transformar a SAP em um local mais diversificado e inclusivo”, ressalta Cristina Palmaka, presidente da SAP Brasil.

A SAP tinha o objetivo de alcançar 25% de mulheres em posições de gerência até o final de 2017, o que aconteceu com seis meses de antecedência. O conselho da empresa, então, estendeu o comprometimento ao aumento de 1% por ano até 2022, alcançando um total de 30%. No Brasil, os cargos de gerência ocupados por mulheres representam 27% do total.

Além disso, a SAP adota internamente o tema da interseccionalidade, um conceito sociológico que estuda as interações nas vidas das minorias, entre diversas estruturas de poder e as consequências de diferentes formas de dominação ou de discriminação. O conceito reforça que cada indivíduo deve ser aceito como é, sem rótulos e com suas particularidades, entendendo a complexidade de cada um.

Com o propósito de ajudar o mundo a operar melhor e melhorar a vida das pessoas, a SAP conta com diversos programas de diversidade e inclusão como:

  • Business Women’s Network – rede de funcionários focada na igualdade de gênero e desenvolvimento de talentos femininos. Mais de 15% dos funcionários na América Latina e Caribe fazem parte da iniciativa. Um dos objetivos da SAP é atrair, reter e desenvolver talentos femininos, o que ajudará a aumentar o número de líderes mulheres.
  • Pride@SAP – rede de funcionários que apoia a inclusão da comunidade LGBT, presente em diversos países do mundo e com aproximadamente 20% dos colaboradores da América Latina e Caribe. O principal objetivo é garantir que os colaboradores possam ser autênticos.

Ethnicities@SAP – rede de funcionários voltada à conscientização dos colaboradores e inclusão das minorias de toda e qualquer raça ou etnia. Todos os colaboradores são convidados a participar.