Seminário discute saúde e trabalho dos professores

Evento será realizado no dia 15 de outubro na Fundacentro em São Paulo/SP

O “III Seminário Trabalho e Saúde dos Professores: Realidades do cotidiano docente” refletirá sobre a dinâmica do processo de saúde-doença que se manifesta entre esses profissionais. O evento ocorre no dia 15 de outubro, das 9h às 17h30, no auditório da Fundacentro em São Paulo/SP, localizado na Rua Capote Valente, 710.

Espera-se a participação de professores, pesquisadores, outros profissionais da educação, sindicalistas, agentes públicos, profissionais de SST e estudantes. Para participar, basta se inscrever na página de eventos da Fundacentro. Consulte também a programação completa.

Durante a manhã, será realizada a sessão “O trabalho do professor (questões do cotidiano de trabalho dos professores)”. O professor do Departamento de Geografia da FFLCH/USP (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo), Eduardo Girotto, falará sobre a Base Nacional Comum Curricular – BNCC e suas possíveis repercussões sobre o trabalho dos professores.

Também haverá duas palestras que discutirão a violência na escola. O supervisor de ensino da Diretoria Regional de Educação Campo Limpo, Wilson Teixeira, abordará os determinantes e as formas de manifestação dessa violência. Já a coordenadora local do projeto Justiça Restaurativa em escola da Diretoria Regional de Educação Campo Limpo, Sonia Visotto, apresentará possibilidades de intervenção na experiência de trabalho com a justiça restaurativa.

À tarde, ocorre a sessão “A saúde dos professores (questões de saúde relacionadas ao trabalho)”. A psiquiatra e professora aposentada da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), Edith Seligmann Silva, apresenta a palestra “Saúde mental e trabalho: o caso dos profissionais do ensino”.

Já a professora do Departamento de Fonoaudiologia da PUC/SP, Léslie Picolotto, retratará o protocolo de Distúrbio de Voz Relacionado ao Trabalho – DVRT. Por fim, o coordenador do projeto trabalho e saúde dos professores da Fundacentro, Jefferson Peixoto, falará sobre o “(des)prestígio dos professores: mitos, certezas e perspectivas (um problema de saúde moral)?”.

O evento é uma ação multidisciplinar idealizada e organizada pela área de Educação da Fundacentro em parceira com profissionais das áreas de Comunicação e Epidemiologia e Estatística.