Serasa Consumidor reabre processo seletivo para o emprego dos sonhos

Com salário de R$100 mil, a startup inicia a busca pelo profissional

Conhecer o país, garimpar ideias inspiradoras e contribuir para que a educação financeira esteja cada vez mais inserida na rotina das escolas brasileiras. Essas são só algumas das atividades que o novo contratado do Serasa Consumidor, startup e braço da Serasa Experian, será responsável.

Acreditando que a educação é a forma mais eficaz de preparar pessoas responsáveis financeiramente e que saibam manter o bolso sempre no azul, o Serasa Consumidor decidiu que era hora de conhecer e impulsionar quem já desenvolve projetos e novas metodologias de ensino pelo Brasil, estimulando estudantes a buscarem o assunto que inevitavelmente o acompanhará durante toda sua vida.

Para auxiliar nessa missão, além de viajar o país, o novo funcionário da startup terá como atribuições do cargo o agendamento de entrevistas e encontro com professores, produção de conteúdo, visitas às escolas e também a realização de pesquisas. Todas as informações coletadas ficarão disponíveis gratuitamente em formato de vídeo no site do Emprego dos Sonhos e servirão tanto para amplificar boas ideias como abastecer outros professores com insumos que poderão servir de base para suas aulas.

A remuneração? R$100 mil pelo período de 12 meses de trabalho, além de benefícios de transporte, hospedagem, alimentação, plano de saúde e outros.

A segunda edição foi lançada logo após a comemoração do Dia dos Professores, como uma homenagem aos profissionais, de acordo com Daniel Ebbesen, gerente de Serasa Consumidor, um dos idealizadores do projeto: “Acreditamos que o professor é um dos principais causadores de transformação sócio-econômica. A profissão deveria ser mais valorizada, pois mexe com o futuro do nosso país”, conta ele.

INSCRIÇÕES
As inscrições estão abertas pelo site https://oempregodossonhos.com.br/.

Os participantes deverão responder a um questionário e criar um vídeo de até 40 segundos contando de maneira criativa, como ensinaria educação financeira nas escolas. Após isso, os interessados terão de passar por voto popular para avançar no processo, entrevistas e dinâmicas presenciais.

As inscrições para o processo seletivo podem ser feitas até o dia 28 de outubro. Os interessados precisam ter mais de 18 anos de idade, carteira de trabalho e disponibilidade para viajar de 3 de dezembro de 2018 a 12 de outubro de 2019.