Sorria, você pode e deve ter acesso à odontologia suplementar

O benefício pode contribuir para a retenção de talentos nas empresas, diminuir o índice de faltas e colaborar até para o aumento da produtividade

Sorria, você pode e deve ter acesso à odontologia suplementar

Um sorriso, geralmente, é considerado o “cartão de visita” de uma pessoa. Por meio dele é possível fazer novas amizades, prender a atenção do interlocutor e até conseguir boas oportunidades de trabalho. Porém, isso só ocorre quando está associado a uma boca saudável. Aos poucos a população está se conscientizando sobre a importância dos cuidados com a saúde bucal e buscando, por meio dos planos odontológicos, garanti-la. Além disso, com essa conscientização, o empresariado também começa a se interessar em oferecer o benefício aos seus colaboradores.

Com o expressivo crescimento no número de beneficiários de planos odontológicos no Brasil, que hoje conta com aproximadamente 23 milhões de pessoas, esse serviço vem sendo cada vez mais vantajoso para todos os envolvidos nesta cadeia: empresas, operadoras, cirurgiões-dentistas e, principalmente, a população, que têm acesso à odontologia suplementar como meio de cuidar da saúde bucal e prevenir doenças que comprometem a saúde geral.

No cenário corporativo, o benefício pode contribuir para a retenção de talentos nas empresas, diminuir o índice de faltas e colaborar até para o aumento da produtividade. Com acesso a um plano odontológico, o colaborador pode visitar o cirurgião-dentista periodicamente, evitando o surgimento de cáries, mau hálito, gengivite, aftas, periodontite, entre tantas outras doenças que atingem a boca e podem, inclusive, atrapalhar o desempenho profissional.

Já para o cirurgião-dentista trabalhar com um plano odontológico, entre vários benefícios, pode colaborar para a aceleração da composição de uma carteira de clientes e garantir o pagamento dos serviços prestados. Quando ele trabalha com operadoras de planos odontológicos passa a atender um número significativo de indivíduos, oferecendo tratamentos não previstos na cobertura contratual e, com isso, vai se solidificando no mercado e ganhando a credibilidade dos pacientes. Uma vez conquistada a confiança das pessoas pela sua qualidade e competência profissional, estas buscarão se tratar sempre com ele e ainda o indicarão para familiares e amigos. Com isso, o cirurgião-dentista vai montando sua carteira fixa e desenvolvendo sua visão empreendedora, uma vez que é um profissional liberal.

Os planos odontológicos são oferecidos exclusivamente pelas operadoras, por meio de um ticket médio acessível, oferecendo aos seus beneficiários acesso às redes próprias e credenciadas, com cirurgiões-dentistas capacitados para realizar todos os tratamentos odontológicos obrigatórios que compõem o rol de procedimentos estipulado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Diante do contínuo crescimento do setor, é cada vez mais evidente os benefícios proporcionados pelos planos odontológicos, que permitem à população prevenir e tratar doenças para garantir um belo “cartão de visita” por toda a vida.

Por Geraldo Almeida Lima,  presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo – Sinog