Tecnologia

Tecnologia nos processos seletivos: conheça o que há de mais moderno no mercado

A tecnologia tem sido cada vez mais empregada nos negócios de modo geral, e em todas as áreas das organizações. Em Recursos Humanos, não tem sido diferente.

Todos os subsistemas têm encontrado espaço para a modernização e digitalização, e, em Recrutamento e Seleção (área responsável pela aquisição de talentos), há um terreno muito fértil para a aplicação de diversas metodologias, ferramentas e novas formas de conduzir este processo.

Da busca de candidatos por geolocalização, até inteligência artificial, os processos seletivos se transformaram muito, e melhoram a performance da área de maneira exponencial e escalada.

Das inúmeras vantagens de aplicar a tecnologia aos processos seletivos, podemos destacar:

  • – atuação mais estratégica, já que automatiza atividades operacionais;
  • – organização nos processos;
  • – praticidade na realização de entrevistas;
  • – mensuração dos resultados e acesso a indicadores;
  • – objetividade e pragmatismo ao processo;
  • – agilidade nos processos (desde o início até o fechamento das posições).
  • simplificação das operações;
  • redução de erros e retrabalhos.

Apesar da infinidade de possibilidades, destacamos a seguir o que há de mais moderno e se mostra mais efetivo para a área:

  1. Big Data
  2. Redes Sociais
  3. Vídeo currículo
  4. Vídeo entrevista
  5. Plataformas de Recrutamento
  6. Anúncios patrocinados
  7. Ferramentas online para avaliação comportamental e técnica

Devemos considerar que apesar dos ganhos na automatização dos processos, estamos conectando pessoas. E por este motivo, ainda que os processos sejam dinâmicos, ágeis e digitais, eles precisam ser humanizados.

Fonte: Dani Verdugo, empresária e headhunter, atua com Executive Search na THE Consulting

Botão Voltar ao topo