Boas práticas

TIM abre novo escritório e adota modelo híbrido de trabalho

Além de melhorar a rotina e experiência dos seus colaboradores, a operadora espera ainda ter uma economia de 60% nos custos totais de serviços facilities, ou seja, relativos à operação local

Escritório oferece melhor experiência aos colaboradores, que podem optar por trabalhar presencialmente no novo espaço ou permanecer no formato home office

Na contramão do que é observado em grande parte do país, onde há uma queda de investimento corporativo em salas comerciais, a TIM reforça seu plano de expansão para o interior de São Paulo e abre um novo escritório em Campinas, inovando ao adotar um modelo híbrido de trabalho. Dessa forma, o profissional pode desempenhar as atividades tanto no home office quanto nessa nova sede e na distribuição de dias e horários que julgar mais atrativa. O projeto de renovação dos espaços laborais ocorre também em outras sedes da operadora.

Em um prédio na região central do município, o escritório conta com 27 posições de trabalho. A proposta arquitetônica e de design segue a de outros escritórios regionais da TIM Brasil, montados recentemente. Em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Curitiba, algumas unidades foram totalmente reformuladas, outras inauguradas em novos espaços. Além de melhorar a rotina e experiência dos seus colaboradores, a operadora espera ainda ter uma economia de 60% nos custos totais de serviços facilities, ou seja, relativos à operação local.

A expectativa da empresa é de que parte dos colaboradores já opte por voltar ao escritório, mesmo que de forma flexível. De acordo com pesquisa interna, 20% dos mais de 4 mil funcionários elegíveis ouvidos afirmaram ter o interesse em trabalhar nos moldes pré-pandemia. Em Campinas, já existem colaboradores in loco. Para garantir um ambiente de trabalho seguro para esses profissionais, as mesas distribuídas nos 1.303,32 m² do escritório têm o distanciamento recomendado, identificados por adesivos sinalizadores, além de contar com dispensers de máscaras e de álcool em gel.

De acordo com o Vanessa Alves, gerente de RH da TIM São Paulo, a decisão de ter um escritório em Campinas está também relacionada ao potencial regional. “Além de estar próxima da capital paulista, é uma cidade muito bem situada e com grande potencial econômico. Ainda, uma parte da equipe ficava em São Paulo; alguns se deslocavam diariamente de outras cidades ou trabalhavam em home office, já que não tinha um escritório de referência. Com essa nova estrutura, a sinergia e a troca entre esses profissionais poderão acontecer. Também há perspectivas de abrirmos, no futuro, novos postos de trabalho na cidade.”

Para o executivo de faciliteis da companhia, Bruno Schmindt, a flexibilidade do modelo é um ponto relevante para a maior satisfação dos profissionais. “As forças de trabalho atuais conseguem oferecer produtividade e eficiência quando estão em home office, mas contar com uma estrutura acessível, bem localizada e com um projeto sustentável dá segurança, em especial para os momentos em que a equipe precisa atuar junta ou quando toca projetos”, pontua.

Em Campinas, assim como nos demais escritórios do projeto Renova TIM, o espaço é mais colaborativo, moderno, confortável e focado em um ambiente que garanta bem-estar, segurança e qualidade de vida das pessoas. O escritório de Campinas foi totalmente pensado para ser acessível a todos, com piso tátil, rampas e espaços amplos para circulação de cadeirantes, por exemplo. Oferecer boa localização, espaço colaborativo e de fácil acesso aos colaboradores é uma das premissas do projeto, desenvolvido em parceria com a AKMX – Arquitetura, Engenharia e Tecnologia.

Botão Voltar ao topo