Educação Corporativa

Tudo o que você precisa saber para fazer um MBA no exterior

Algumas perguntas que o candidato deve se fazer

Muitos profissionais optam por fazer um MBA no exterior para expandir suas redes de contatos, cursar programas reconhecidos internacionalmente e alavancar suas carreiras. Além de oferecer crescimento pessoal e profissional, a escolha pode incrementar a renda substancialmente: segundo o Financial Times, alguém com diploma de MBA nos Estados Unidos pode chegar a ganhar 252% a mais do que um profissional sem o título.

No entanto, entrar em um programa de MBA em uma universidade fora do Brasil é um processo que contém muitas etapas. Pensando nisso, a equipe do The MBA Tour, que conecta equipes de admissão das universidades a candidatos ao redor do mundo, preparou uma lista com todas as dicas necessárias para um caminho tranquilo rumo ao MBA internacional.

1 – Identifique seu propósito e escolha a universidade certa

Nem só de rankings é feita a escolha da melhor instituição. Os candidatos devem avaliar seus próprios objetivos, a grade curricular do curso e a cultura das universidades para encontrarem a que melhor se adapta a seus propósitos.

Para conhecer a cultura e o ambiente da instituição, o ideal é realizar visitas ao campus ou entrar em contato com alunos e ex-alunos. Também é indicado observar a presença online da instituição – via Facebook, Twitter e YouTube, em especial. A pesquisa pode começar online, mas é importante ter uma noção mais real da cultura das instituições e do perfil das diretorias por meio do contato presencial.

Algumas perguntas que o candidato deve se fazer: Qual é o nível de competitividade com o qual me sinto confortável? Que tipo de networking poderá vir da experiência em determinado programa?

De acordo com um levantamento do The MBA Tour, na hora de escolher um programa os candidatos brasileiros costumam priorizar os seguintes aspectos:

  • Tipo e duração do programa
  • Preço e disponibilidade de bolsas
  • Conexões importantes com profissionais formados pela mesma instituição
  • Reputação do programa, principalmente dentro da área de atuação desejada
  • Possibilidade de estágio por meio da instituição
  • Localização
  • Tamanho da turma e estrutura da instituição

Esses requisitos podem ajudar a nortear sua busca, tendo sempre em mente que para escolher um programa é necessário levar em conta suas necessidades e habilidades pessoais.

2 – Prepare-se!

Já é sabido que se destacar como candidato de instituições de renome não é tarefa fácil. A concorrência é grande e qualificada, por isso é preciso entender o que as melhores universidades do mundo estão buscando para compor seu quadro de alunos.

Além de um bom preparo técnico, notas altas no GMAT ou no GRE que comprovem a capacidade para um bom desempenho em um ambiente acadêmico exigente, nível de inglês avançado ou fluente – característica imprescindível para acompanhar o conteúdo dos cursos –, boa capacidade de comunicação durante as entrevistas e inteligência relacional, o candidato deve demonstrar potencial de impacto na sociedade.

O significado do termo “potencial de impacto” neste contexto está ligado à capacidade que o candidato tem de se engajar nas comunidades em que se insere e nas atividades que exerce, apresentando soluções inovadoras, eficazes e sustentáveis para diferentes tipos de problema.

De acordo com Satiya Witzer, diretora adjunta de admissões da UCLA, o candidato ideal tem um histórico de impacto e resultados em seus cargos anteriores e em suas comunidades. Para comprovar esse histórico, é importante apresentar referências que comprovem o histórico do candidato.


3 – O contato é essencial

Além de providenciar uma oportunidade para conhecer a cultura da instituição, o contato permite que as equipes de admissão avaliem uma característica essencial do candidato já citada no item acima: a inteligência relacional.

Esta competência será avaliada por meio das entrevistas e das referências. É muito importante se preparar para passar uma boa impressão na hora de se apresentar aos recrutadores: esteja descansado, prepare-se para responder perguntas pessoais além das técnicas e procure transmitir segurança e domínio emocional.

A inteligência relacional é muito importante para os recrutadores. Em busca de candidatos que aliem competências transversais ao conhecimento técnico, as universidades querem saber se você tem preparo emocional para lidar com a alta pressão do MBA e do empreendedorismo, que são dinâmicos, competitivos e muitas vezes implacáveis – pergunte a qualquer empreendedor quantas vezes ele ouviu não em sua carreira!

Para conhecer as equipes de admissão sem ter que visitar cada um dos países ou cidades antes de escolher um MBA, existem feiras gratuitas, como o The MBA Tour, que conectam os candidatos às equipes de instituições renomadas. A próxima edição do evento acontece no dia 27 de fevereiro, em São Paulo. As inscrições podem ser feitas no site: http://www.thembatour.com/events/saopaulo-march.html

 

4 – Investimento em um MBA

Para custear o investimento em um MBA internacional, é possível solicitar o financiamento facilitado para as próprias universidades, já que a maioria das instituições oferece o chamado “financial aid”. Os juros estudantis costumam variar entre 6% e 7% ao ano, e o prazo para quitação do financiamento pode ser feito em até 25 anos.

Há também algumas instituições financeiras, como a Caixa Econômica Federal, o Santander e o Bradesco, que oferecem linhas de crédito focadas em pós-graduação com juros que variam de 1% a 3% ao ano.

Mais recentemente, surgiu o modelo de financiamento peer-to-peer, realizado via plataformas como o Prodigy Finance, em que investidores apostam no futuro de estudantes e analisam a possibilidade de investimento com base no potencial de crescimento do candidato, e não apenas em seu crédito.

Por Peter Von Loesecke, CEO do The MBA Tour

 Serviço: The MBA Tour

Dia 27 de fevereiro, das 16h45 às 21h
Hotel InterContinental – Alameda Santos, 1123 – Jardins
Grátis.
Inscrições no link: http://www.thembatour.com/events/saopaulo-march.html

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios