Carreira

Uso profissional do TikTok: especialista em carreira explica como utilizar o potencial da rede para divulgar seu trabalho

Em 2020, o TikTok foi o aplicativo mais baixado no mundo, ultrapassando Facebook, WhatsApp e Instagram

Com certeza você já assistiu a uma das famosas dancinhas virais do TikTok. Mas o aplicativo para criação e compartilhamento de vídeos curtos também é utilizado por profissionais e empresas para a divulgação dos seus trabalhos. É cada vez mais comum encontrar na rede perfis profissionais de psicólogos, médicos, nutricionistas, dentistas e advogados.

A professora dos cursos de psicologia e administração da Faculdade Pitágoras e especialista em carreira, Juliana Marjorie, ressalta que a rede social pode ser usada para auxiliar na carreira de um profissional, mas é preciso adotar alguns cuidados. “Quando pensamos em redes sociais, estamos falando sobre imagem, e a imagem profissional é um resultado de aparência, comunicação e comportamento. Caso o intuito seja utilizar as redes como forma de potencializar a carreira, é necessário manter atenção a esses pilares, como nos apresentamos, como nos comunicamos e como nos comportamos”, explica Juliana.

Em 2020, o TikTok foi o aplicativo mais baixado no mundo, ultrapassando Facebook, WhatsApp e Instagram, conforme dados publicados pela rastreadora de mercado App Annie. Juliana Marjorie, que também é especialista em Negócios e Competências Digitais, defende que os profissionais devem usar as redes com atenção. “Sem a menor dúvida as redes sociais podem e devem ser usadas para auxiliar no desenvolvimento da carreira. A melhor maneira de usá-la é manter um posicionamento alinhado com o profissional e com o percurso de carreira desejado. As redes sociais hoje são a melhor forma de encontrar produtos e serviços. Sendo assim, existe um vasto universo de possibilidades a ser explorado para consolidação profissional”.

Além da personalidade no vídeo e o discurso alinhado com a profissão, Juliana destaca outros cuidados que devem ser adotados na plataforma. “Quando falamos de imagem pessoal todo cuidado é pouco, as redes sociais é um local de exposição. Logo, estamos sujeitos a avaliações e interpretações diversas. Os conteúdos que devem ser evitados são aqueles que não são coerentes a sua profissão e valores. Precisamos entender quais conteúdos são condizentes a nossa persona profissional e como devemos nos posicionar nas redes em relação a eles. As vezes determinados conteúdos podem arranhar a nossa imagem, como também não se posicionar em relação a determinados conteúdos podem prejudicar a nossa imagem profissional nas redes”, diz a especialista em carreira.

Desde julho, o TikTok testa nos Estados Unidos o TikTok Resumes, uma ferramenta de vagas de empregos. Com ela, os usuários do aplicativo podem criar um currículo em formato de vídeo e enviar para as empresas cadastradas na plataforma. Juliana Marjorie diz que o vídeo currículo já é uma tendência nos processos seletivos. “Diversas empresas já utilizam do pitch para apresentação por meio de vídeos. O TikTok está, na verdade, suprindo uma necessidade crescente no mercado, onde já teremos uma plataforma otimizada e preparada para que os vídeos currículos sejam elaborados”.

Para aqueles que desejam ou precisam elaborar um vídeo currículo, a especialista elenca quais informações devem conter e as principais características do currículo em vídeo. “Faça uma breve apresentação. Mencione as suas experiências profissionais mais relevantes, a sua trajetória educacional e suas conquistas profissionais e acadêmicas. Conte como pretende contribuir com a sua experiência para o desenvolvimento do seu trabalho e, por fim, compartilhe com entusiasmo e convicção os motivos pelos quais pretende ocupar essa posição”, conclui Juliana.

Botão Voltar ao topo