OpiniãoQualidade de vidaSaúde

VP Global de RH destaca a importância e os cuidados com a saúde mental durante a pandemia

Jesse Meschuk reuniu uma série de medidas que busca amenizar o nível de ansiedade causada pela crise do COVID-19

A crise da COVID-19 e as medidas de isolamento social afetaram milhares de empresas e enquanto continuamos a nos adaptar ao trabalho em casa durante esse período de pandemia, e principalmente com as incertezas que surgem, as empresas precisam se atentar em como manter os colaboradores saudáveis.

Com o regime de home office, muitos colaboradores estão com dinâmicas de trabalho fora do horário de expediente, além dos malabarismos com as outras funções assumidas dentro de casa, como os filhos e o homeschooling, tarefas domésticas, entre outros.

O esgotamento no trabalho é um tipo especial de estresse e provoca um estado de exaustão física ou emocional que também envolve um senso reduzido de realização e perda de identidade pessoal, podendo apresentar exaustão, problemas para dormir, falta de motivação, dores de cabeça ou sentimentos negativos relacionados a projetos ou a seus empregos.

Pensando nisso, o VP Global de RH Global da Blizzard Entertainment, Jesse Meschuk, decidiu compartilhar as dicas que tem utilizado com a equipe da companhia. “À medida que continuamos a nos adaptar ao trabalho em casa durante esse momento de incerteza global, temos pensado muito aqui na Blizzard Entertainment em sobre como manter os colaboradores saudáveis. Por esse motivo, como forma de combater o estresse, durante o período reuni essa série de dicas fornecidas pela Clínica Mayo, para que outros líderes possam utilizá-las com suas equipes”, explica Jesse Meschuk.  

Confira abaixo as dicas utilizadas pela Blizzard Entertainment e produzida pela Clínica Mayo, organização sem fins lucrativos da área da saúde:

Adote horários flexíveis: não espere que todos trabalhem no mesmo horário que estavam no escritório. Os funcionários valorizarão sua confiança neles para gerenciar seu tempo e carga de trabalho com eficiência. Eles também terão a tranquilidade de saber que são apoiados em seus esforços para equilibrar suas demandas no trabalho e no lar.

 

Proporcione equilíbrio entre vida pessoal e profissional: com o regime de home office as linhas entre a vida doméstica e a vida profissional passam a ser tênues, portanto, ajude os funcionários a fazer um esforço consciente para estabelecer um equilíbrio entre os dois:

 

Incentive suas equipes a estabelecer limites para começar e terminar o dia de trabalho. Essa transição para o home office já é um ajuste; deixe claro que você não espera que eles comecem a funcionar assim que acordarem ou ficarem on-line o tempo todo.

 

Incentive sua equipe a evitar reuniões antes das 9 horas, para que todos tenham tempo suficiente para começar o dia, evite reuniões ao meio-dia, para que todos possam ter tempo para comer e se afastar de suas mesas e evite reuniões após às 18 horas, para que todos tenham a chance de se desconectar e se energizar novamente para o dia seguinte. Existem casos em que as reuniões precisam ser agendadas nesses horários, principalmente quando se trabalha com colegas de todo o mundo ou com funcionários que trabalham fora do horário comercial para acomodar outras responsabilidades em casa.

 

Reduza o tempo das reuniões para dar à sua equipe alguns minutos a mais de descompressão. Ao invés de uma reunião de uma hora, faça 50 minutos e corte reuniões de 30 minutos para 25 minutos.

 

Antes de colocar uma reunião no calendário, considere a real necessidade daquele compromisso ou se pode ser mais eficiente uma troca rápida pela plataforma de mensagens instantâneas da sua empresa.

 

Escolha um dia da semana e não realize reuniões nesse dia.

 

Liderar com responsabilidade. Não envie e-mails e mensagens pela manhã cedo, tarde da noite ou fim de semana, ao evitar esses horários suas equipes não se sentirão obrigadas a responder a qualquer hora.

 

Seja compreensivo se os membros da sua equipe não puderem participar de reuniões e em caso de haver distrações em segundo plano, como barulho de crianças.

 

Tenha um espaço dedicado ao trabalho: todos nós estamos acostumados com a rotina de ir a um escritório todos os dias; portanto, ficar em casa por horas a fio sem dúvida parece um pouco estranho. Para ajudar, defina um espaço dedicado ao trabalho, seja um escritório em casa ou a mesa da sala de jantar. Ter esse espaço pode ajudá-los a compartimentar “trabalho” versus “casa”. Conceda aos funcionários tempo para criar esse espaço durante o horário de trabalho.

Ajude os funcionários a priorizar sua saúde e bem-estar: Trabalhar em casa naturalmente fará alguns funcionários enlouquecerem. Compreensivelmente, a ansiedade também pode ser alta para as pessoas. Adicione o fato de que trabalhar no escritório naturalmente incentiva uma certa quantidade de caminhadas (para almoços, reuniões e mesas de colegas de trabalho) e muitos de nós estão fazendo menos em casa. Incentive os funcionários a reservar tempo para sua saúde e bem-estar e capacite-os a fazê-lo como parte de suas horas de trabalho principais.

 

Exercite-se e mantenha-se ativo: isso não só é bom para sua saúde física, como também para sua saúde mental. Periodicamente, levante-se e mova-se pela casa. Caminhadas, alongamentos, e pequenos exercícios – o que for melhor para você reduzir ou aliviar o estresse. Embora as academias estejam fechadas, muitas oferecem transmissão ao vivo gratuita ou exercícios baseados em aplicativos; portanto, verifique on-line para ver o que está disponível.

 

Tome um pouco de ar fresco: se puder, saia para passear e tomar ar fresco – lembre-se de evitar multidões e manter a distância recomendada de dois metros distância dos outros e as recomendações das autoridades de saúde da sua cidade.

 

Faça coisas que lhe tragam alegria: envolva-se em atividades que beneficiem seu bem-estar, tragam alegria e distraiam você dos desafios existentes. Isso pode incluir meditação e yoga, geralmente oferecidos gratuitamente on-line. Você também pode começar um diário, ler, realizar projetos de arte, cozinhar com novas receitas, exercícios respiratórios ou ouvir um podcast ou música relaxante. Confira as várias opções disponíveis em canais e redes sociais e junte-se aos que você tem interesse para se conectar com colegas que compartilham interesses semelhantes.

 

Fortalecer a conectividade social e emocional: faça um esforço para reservar um tempo no final da semana de trabalho, durante o horário de expediente, para conectar-se às equipes. Jogue um game on-line com a sua equipe, faça um happy-hour virtual, uma festa virtual para todo mundo. Se envolva com o seu time nesse período. A ideia é que todos façam uma pausa no trabalho, compartilhem algumas risadas e se conectem como fariam no escritório.

Check-in e reconhecimento da sua equipe: verifique também a sua equipe e continue a reconhecê-los pelos seus esforços. Palavras tão simples como estas podem ajudar bastante: “Agradeço seu trabalho nisso”, “Gosto muito de como você fez isso”, “É bom ouvir sua voz” ou “Existe algo que eu possa fazer para apoiá-lo? “

 

Você também pode fazer com que o(s) seu(s) líder(s) de equipe participem da reunião para dar um “olá” rápido e compartilhar algumas palavras de encorajamento e elogios.

 

Procure sinais de desgaste com sua equipe: verifique se você tem um check-in diário com sua equipe de forma individual. Preste atenção aos seus funcionários e, se vir sinais de desgaste, esteja lá para eles. Converse com eles para entender melhor os desafios que estão enfrentando e encontrar maneiras de apoiá-los. Se precisar de ajuda, entre em contato.

 

 


Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar